Imagem

Procura-se você de antigamente!

Procura-se você de antigamente!

Sabe aquelas pessoas que permanecem insistindo em relacionamentos que aparentemente não funcionam, estão falidos ou geram muito sofrimento? Acho que pode ser porque inicialmente esse relacionamento devia ser muito gostoso, ambos se gostando, se respeitando, trazendo alegrias e um alimentando o outro.
Mas depois de algum tempo, para um deles algo mudou, e para o outro não… Para o que mudou, a página virou e ele/ela segue adiante virando as costas para o que não agrada mais. E para o/a que ficou, a insistência reside no fato de não conseguir reconhecer a nova pessoa que se formou. Para o que fica, a busca da pessoa que conheceu anteriormente é a esperança de tudo voltar a ser como era. E como não consegue reconhecer a nova pessoa, continua insistindo na procura de quem um dia foi seu par perfeito. E a única forma de se convencer de que não vai achar, é conseguir enxergar o outro como uma nova pessoa, que busca outras formas de viver, que não ao seu lado.
No dia que as pessoas conseguirem deixar claro e convencer o outro que o mundo delas mudou, a insistência termina. Porque quem um dia foi o par perfeito morre e deixa de existir fisicamente.
As lembranças e as memórias ficam, mas a pessoa que as criou consegue finalmente deixar de existir para descansar e viver a nova vida.
A recompensa disso tudo é a manutenção dos momentos felizes a dois, intactos e guardados com carinho, ao invés do sofrimento, da busca insensada e do desespero de perder a esperança.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s