Tendências – Revestimentos e pisos

Imagem

Algumas tendências são fortes na ambientação e vieram para ficar. Uma delas é a utilização do “patchwork” nas paredes. A combinação dos padrões utilizam várias misturas de padronagens com um fundo predominante. Nesse caso, o azul é o forte. A utilização dessa técnica é variada, existem azulejos, adesivos e pedras com as combinações. Nas boas casas do ramo de revestimento você pode encontrar uma infinidade de sugestões, prontas ou montar do seu próprio gosto. 

Outro ponto algo é utilizar pisos que são de madeira ou mesmo imitação na cozinha. Hoje você encontra pisos frios com texturas e acabamentos que remetem ao conforto da madeira com a praticidade do piso frio. Outra forma é utilizar o LVT, que é um piso vinílico, com diversas cores e texturas, aplicado diretamente no contrapiso e que tem seu grande benefício, além da praticidade na manutenção, a durabilidade -não risca e por fim, não faz o barulho que incomoda a tantos no caso dos pisos laminados.

 

Anúncios

Zona de conforto

ImagemImagemImagem

 

Imagina que você encontre um amigo seu de escola depois de uns 20 anos sem contato. Quando vocês se vêem ele continua morando no mesmo lugar, trabalhando na mesma empresa, no mesmo cargo, com as mesmas opiniões sobre a vida e com os mesmos hábitos sociais do passado. Você diria que ele evoluiu? 

Eu diria que ele vive na zona de conforto. Criou um mundo que o mantém “protegido” de qualquer mudança (para o bem e para o mal). Por que nesse “espaço” é gostoso estar, de onde não queremos sair por várias razões: temos segurança, não somos ameaçados, não sentimos dor, fome, cansaço, não precisamos fazer esforços, pensar ou agir diferente, dentre vários outros… 

Pode ser definido também como zona parada, pois nela tudo fica como está. E nessa lógica, o desafio começa a partir do final da zona de conforto. Nem todo mundo gosta de sair dessa redoma, não são acostumados a se arriscar ou mesmo a se esforçar para promover uma mudança. Só que a mudança é a mola dos aprendizados, sem mudar, nada se aprende. Fazer o mesmo todos os dias emburrece o ser humano. Tudo ao nosso redor muda o tempo todo, a própria natureza se recicla ao longo do ano. O mesmo deveria ser com as pessoas, se renovar para continuar a crescer. Seja pessoalmente ou profissionalmente. 

Mudar é preciso, é importante e nos faz encontrar pessoas e lugares diferentes, justamente por isso nos faz conhecer novas realidades, amplia o horizonte e nos permite reavaliar os nossos conceitos sobre a vida e reafirmar nossas opiniões ou mesmo redefinir nossos conceitos. 

A vida é única e tem potencial para ser maior do que vivemos regularmente, mas para sair do básico, temos que avançar um passo fora da zona de conforto, porque ela nos aprisiona ao mesmo tempo que protege. Pense nisso! e dê hoje um passo fora dela para experimentar o novo, se não der certo, volte para o conforte e tente mais tarde de novo. Só assim você vai se renovar.

Seja mais, seja você!