O que você chama de erro, eu chamo de lição!

Imagem  errar2 Errar é humano, mas insistir no erro é burrice! quem não ouviu essa frase pelo menos umas mil vezes na vida? e se ouvimos tanto, pergunto: quanto dessa afirmação aplicamos no dia a dia? ou seja, entender e aceitar que errar é humano. Talvez a frase que mais devíamos ouvir é Errar é humano, mas nem se atreva “ser humano”, senão será condenado!

Imagem Imagem Vivemos na cultura do herói, onde não é permitido errar, ou melhor, se você errar está fora do jogo. É comum a sociedade julgar as pessoas baseada numa determinada situação, geralmente a do erro. As pessoas são conhecidas pelos erros que cometem… reparem nos noticiários, vejam que o que mais se divulga são os casos em que erros são cometidos. Lógico que os graves precisam ser comunicados, mas há tantas notícias boas para divulgar que fazer uma mescla não seria ruim. As boas ações não são devidamente valorizadas tanto quanto as más. Porque? somos mestres em julgar e condenar os outros, principalmente apontando o lado negativo. É confortável saber que o outro é pior que nós mesmos, ou ainda, saber que tem alguém em pior situação nos faz sentir melhores e acreditar que agora sim, somos felizes, já que o outro está infeliz. Isso é a arrogância do ser humano, se sentir superior porque o outro é inferior (ou está inferior).

Imagem Ouvimos sempre que o maior aprendizado vem dos nossos erros, mas quando acontece, somos censurados e automaticamente condenados, nos colocando numa situação de vergonha e inferioridade por não ter acertado. O livro Outliers de Malcolm Gladwell, tenta nos demonstrar que as pessoas não nascem sabendo tudo, mas sim precisam de anos de exercícios para serem bons em alguma atividade. Se é mesmo assim, logicamente que durante o aprendizado, várias vezes erramos para poder nos aperfeiçoar. Não nascemos sabendo, somos formados aos poucos e quanto maior nosso exercício, melhor ficamos porque o erro ensina e permite detectar falhas para então acertar. É simples!

erro1      erro9 Analisando as afirmativas do filósofo Mario Sergio Cortella, “não nascemos prontos” e Guimarães Rosa “o animal satisfeito dorme” entendo que quem já está satisfeito não avança e quem não avança não se modifica e se não nascemos prontos, temos que continuar buscando a essência de tudo, questionando e tentando nos aprimorar. E nas tentativas de nos “formar” vamos errar e acertar, o tempo todo. E se errar é algo condenável, parar de errar significa se “formar” pela metade, ficando só com os acertos. E mais profundamente ainda, parar de errar significa deixar de se arriscar, sim porque quanto maior o risco, maior a possibilidade de errar, não se arriscar mais, resulta na interrupção da inovação e das descobertas, que por fim interrompe a evolução da humanidade.

Quando o ser humano se conforta numa existência sem “passos maiores” ele se limita a exercer todo seu potencial de crescimento. Optar por circular na chamada zona de conforto é viver num mundo seguro e sem a chance de geração satisfação. Porque a satisfação é resultado de uma conquista e a conquista por sua vez é obtida através do esforço e trabalho por algo que antes não tínhamos, se não tínhamos, não estava na zona de conforto, estava fora. Dai vem aquela máxima: a vida começa fora da zona de conforto.

confort zone   Mas voltando ao erro, tem mais dois pontos que acho importante ressaltar nessa cultura de condenar os erros. Uma delas é na criação dos filhos e a outra é sobre empresas que cultuam apenas os talentos.

Na criação dos filhos, o conceito de uma boa educação passa por trabalhar a autoestima dos filhos. E, a responsabilidade de ter essa sensação plena, dizem que é dos pais. Isso significa que os pais entenderam que eles devem alimentar ao máximo seus filhos com afirmações positivas o tempo todo, não os deixando errar para que não se sintam mal com seus fracassos. Porém ao evitar que seus filhos não se arrisquem a fazer algumas atividades por medo deles errarem, a mensagem que está sendo sutilmente enviada, é a de que eles não são capazes de fazer sozinhos. Se os próprios pais não incentivam seus filhos a aprenderem fazer atividades sozinhos (desde amarrar seus sapatos, arrumar seus armários, ajudar na louça até montar um brinquedo), como vocês acham que eles se sentem? incapazes. Se se sentem incapazes, mas seus pais dizem que eles são o máximo… o discurso não está combinando com a realidade, concordam?

erro4   No geral, o discurso não combina com a prática. Aplicar a prática para fazer os filhos se tornarem melhores, exige um trabalho dobrado, porque, por exemplo, para sair de casa mais rápido, as mães amarram o sapato dos filhos (porque é mais prático e rápido) mas quando a criança está pronta, ela diz: você está lindo! parabéns, está todo arrumadinho! O ideal é delegar as responsabilidades aos poucos e monitorar para que façam a parte que são capazes de fazer até o limite que aprendem a fazer, e a partir da impossibilidade real de fazerem sozinhos, ai sim, os pais entram em cena. Sei que não é simples, mas garanto que os filhos se sentiriam muito mais capazes e completos exercendo eles mesmos o poder de ser independentes.

erro5    Depressed Businessman Sitting on Stairs Para acabar o post, queria comentar rapidamente, fazendo um paralelo com a criação dos filhos, a prática de algumas empresas em cultuar apenas o grandes talentos. Entendo que esse também é um erro, já que qualquer profissional não é talento o tempo todo, há momentos especiais em que emergem idéias de todos nós. No momento em que cultuam os talentos, a pressão colocada sobre eles é gigante, abafando aos poucos seu poder de criação, porque sabem que não são especiais o tempo todo, são passíveis de erros e vazios como todos os seres humanos. Na medida em que são demandados além de suas forças, metem os pés pelas mãos, e quando erram na ânsia de acertar, são condenados por não serem “aquilo” que a empresa pensou que eram.

Penso que numa empresa em que o erro é considerado “normal” (logicamente guardadas as devidas proporções) e utilizado de forma benéfica para crescimento dos colaboradores, gera um encorajamento e pró-atividade em todos. Quando o julgamentos e condenações não são utilizados de forma punitiva, todos se sentem incentivados a inovar, sugerir e modificar processos e produtos buscando aperfeiçoar a empresa.

Para fechar: O que você chama de erro, eu chamo de lição! pense nisso… (frase de Alina Tugend)

Seja mais, seja você!

Obs: o texto acima excetua erros que atentem contra a vida e a saúde.

Indicação de autores que falam a respeito: Mario Sergio Cortella, Malcolm Gladwel, Alina Tugend

Para melhor entender divórcios …

Imagem

… assista o filme ” Jantar com Amigos” – baseado na peça vencedora do Prêmio Pulitzer de Donald Margulies, Jantar Com Amigos é um filme que explora o lado doce e ao mesmo tempo amargo da amizade. Gabe e Karen formam um casal feliz. Há anos têm como melhores amigos Tom e Beth. Certa noite, quando preparam o jantar, recebem a notícia da separação, Tom trocara Beth por outra e estão se divorciando. Logo se sentem obrigados a tomar partido nesta batalha e à medida que a separação vai acontecendo, novos relacionamentos se formam e os dois resolvem fazer um balanço do próprio casamento e já não tem tanta certeza que são felizes com o que descobrem.

É inevitável fazer algumas reflexões conforme o filme se apresenta:

– quando a separação não é conosco, percebemos que conhecemos apenas parte da história do casal. O que acontece entre 4 paredes, apenas os 2 sabem.

– ao receber a notícia da separação de um casal amigo, somos impelidos a tomar partido, julgar e definir quem “merece” manter a amizade, quando na verdade esse julgamento não é “fair”, até pelo item acima: quem sabe a história toda para poder definir? quem somos nós para julgar a amizade entre nós sem confundir com o que aconteceu no relacionamento do casal que se separa? uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa

– uma separação de alguém muito próximo automaticamente nos faz pensar sobre nosso relacionamento, comparar, analisar prós e contras e agir para resolver o que não funciona e mesmo avaliar se vale a pena ficar juntos ou não. Entendo que isso está relacionado com aquela idéia de que uma vez que a mente se expande, ela não volta. Portanto, se um novo horizonte se abre, ele passa a fazer parte das escolhas atuais ou do futuro.

– avaliar se você ainda traz emoções ao seu relacionamento. É imperdível o diálogo quando Greg Dinnear conta ao amigo (Dennis Quaid) como se sentia novamente vivo através da nova relação. Enquanto que Dennis Quaid tenta convencer o amigo que todas as emoções que ele estava sentindo não tinham importância diante dos valores tradicionais.  

– todo julgamento é equivocado. Nesses casos de separação entre casais amigos, não se toma partido e não há certo ou errado. Nosso papel, se formos amigos, é apoiar as decisões, alertando e estando ao lado para suportar as consequências dessas decisões. Os “novos” parceiros não são “Judas, Diabo, Monstro, Inimigo”… são novas pessoas que fazem parte da vida de um amigo(a) e que temos que respeitar e conhecer, para permitir uma afinidade e seguir com a amizade a 4.

No mais, acho que podemos entender que a felicidade é muito mais ampla do que imaginamos no nosso mundo quadrado e restrito. Há vários outras dicas para refletir que só mesmo assistindo para absorver, de acordo com o momento de cada um!

Indico muito!!!

Seja mais, seja você!

O que significa o Natal para você?

Image

Venho de uma família com uma mãe tentando manter as tradições religiosas católicas e um pai que pouco acreditava em religião. Ele tinha a dele própria, acreditava numa força superior, mas não dava nome a Ele. Entendo que ele acreditava mais nele mesmo do que em qualquer outra coisa.

Enfim, no Natal minha mãe sempre gostou de assistir a missa do galo e ter o presépio montado em casa, já meu pai, gostava de montar a árvore (e os filhos tinham que ajudar), colocar as luzes de Natal, as músicas natalinas e ainda ter o famoso sino do Papai Noel batendo na hora que os presentes eram “entregues” por ele. 

Disso tudo, aprendi um pouco com cada um… com minha mãe, a parte da celebração do nascimento de Jesus e todo o significado que isso tem na nossa vida. Acredito que é um momento de celebrar a vida, o renascimento e renovar as esperanças para um novo ano. É uma data que fazemos questão de estar mais próximos das pessoas que são importantes para nós, que fazem diferença na nossa vida e que são nossa família (de sangue ou não). 

É um momento de refletir, perdoar e fazer as pazes com as pessoas e situações que te incomodam. 

No fim é apenas um dia com o mesmo número de horas, as mesmas pessoas e lugares que você tem acesso no ano todo, mas “nomear” a data e marcar no calendário faz com que sejamos induzidos a repensar prioridades, pessoas e situações. E como diz uma amiga minha (Juliane Pestana) é momento de celebrar a vida, mais do que qualquer coisa!

Image

Com meu pai aprendi o outro lado.. a parte dos rituais lúdicos. A árvore obrigatoriamente natural, com chocolatinhos pendurados (que eu e meus irmãos comíamos escondido dele), bolas e laços vermelhos, velas acesas que depois foram substituídas pelas luzes, cartões que recebíamos colocados um a um nos galhos e finalmente a estrela, na parte superior que era a cereja do bolo.

Image

Na hora dos presentes, nós tínhamos que ir para o quarto e ficar lá até o Papai Noel passar e deixar os presentes na árvore. Quando o sino tocava, era sinal de que podíamos descer as escadas porque ele já tinha passado em casa… A gente descia se atropelando, felizes por ver os tão queridos presentes debaixo da árvore, antes vazia.

Image

E ao fundo, tocava O Tannenbaum (http://br.bing.com/videos/search?q=m%C3%BAsicas+de+natal+alem%C3%A3s&docid=4504176415474569&mid=7DE592BCF087F414FDB07DE592BCF087F414FDB0&view=detail&FORM=VIRE2#view=detail&mid=7DE592BCF087F414FDB07DE592BCF087F414FDB0) …

Image

Então hoje vejo que o Natal significa para mim um pouco de cada um desses aprendizados. Celebar o renascimento, a vida, a família, os amigos e perdoar o passado, abrindo espaço para o novo e também ter o momento da brincadeira e fantasia que deve fazer parte do nosso dia a dia para sermos felizes.

Com esse post, quis dividir um pouco da minha visão sobre essa data e desejar para vocês um grande dia, com muito amor e carinho das pessoas que te fazem feliz.

Seja mais, seja você!

Os melhores Quotes para vocês!

Imagem Sim, acima de tudo, tente ser mais do que você deseja para você. Tenha uma meta e tente superá-la. 

Imagem Ás vezes é difícil entender, mas alguns relacionamentos não devem continuar existindo na sua vida. Pense naqueles que te fizeram bem e nos que te complicaram mais do que fizeram bem. E a resposta você já sabe… esqueça de uma vez o que não te traz benefício. Quanto mais você insiste, pior fica. Aproveite a virada do ano e vire sua página para quem não te merece.

Imagem Pura verdade! se você não é transparente com as pessoas que te rodeiam, deixa margem para elas pensarem o que quiserem, e muitas vezes pensam o pior de você. Então minha dica, seja mais claro(a) para que te entendam melhor ao invés de te julgarem sem ter conhecimento do todo.

Imagem Não acredite que a vida só tem um caminho: para frente. Os caminhos que apenas seguem para frente são monótonos e não te ensinam tanto quanto aqueles que te fazem ir e vir, frente, trás e lateral. Eles te mostram um mundo muito mais interessante e dinâmico do que uma linha reta. Pense nisso! e dance a vida.

Imagem Qual história de vida te inspira mais? uma pessoa que nasce numa família perfeita, namora, arranja um bom emprego, se casa, tem filhos, se aposenta e se torna avó ou uma pessoa que passa por decepções, encontra desafios pesados, luta contra preconceitos e no fim supera e te dá um sorriso? Não somos perfeitos e nem temos uma vida perfeita, mas é isso que nos diferencia da grande maioria! Ensine os outros a serem felizes apesar de… 

Imagem Lembre-se de curtir o que você já conquistou e trabalhar para o que falta. Mas não fique sempre colocando a carroça na frente do burro.

 Imagem Redefina suas prioridades… escolha quem merece ter seu tempo e se dedique para merecer o dele(a) também! 

Imagem O ótimo é inimigo do bom! Então tente ser menos perfeccionista, primeiro faça e depois melhore se for o caso. Muitos não saem do lugar porque não conseguem dar o primeiro passo.

Imagem E para terminar, ame as segundas-feiras! Passe a enxergá-las como um novo começo de algo bom! Se você não gosta do que faz, a segunda-feira deve pesar, então procure algo novo. Já, se você curte o que faz, aproveite todas as segundas para contaminar os outros com sua determinação de ser feliz! Seja você um exemplo a ser seguido!

Seja mais, seja você!

 

 

 

Um toque de amarelo na decoração

Quem disse que amarelo não combina com nada? é uma cor viva, que merece ser aproveitada em todo seu potencial. Se usada com critério entre quantidade, estilo e composição cromática, deixa um resultado contemporâneo e diferenciado do comum.

Selecionei algumas cozinhas com a utilização da cor de forma harmoniosa, que resultou em ambiente requintado, despojado ou mesmo descompromissado. Vejam o que vocês acham!!

Seja mais, seja você!

ImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagem

Brasileiras estão entre as TOP blogueiras do mundo

E viva os blogs!!

O site Signature9 acaba de divulgar sua lista com os 99 blogs do universo fashion mais acessados do mundo. E para não fugir do único número escrito nesse post, 9 blogs brasileiros entraram na lista, e aparecem do quinto ao octagésimo sétimo lugar.

Para criar a lista, eles analisaram a influência que as postagens exercem nas pessoas através de site de buscas e redes sociais.

No Style99 você consegue conferir a lista completa dos blogs que estão em alta. Entre os brasileiros estão o Garotas Estúpidas da Camila Coutinho, em quinto lugar, e o Supervaidosa da Camila Coelho, em décimo segundo. Confira abaixo as posições dos blogs brazucas.

Ver o post original

Lingerie: bonita por dentro e por fora!

Imagem

Temos o hábito de nos arrumar para o dia a dia, mas boa parte das mulheres deixam as lingeries mais bonitas para dias especiais. Na verdade, todos os dias são especiais.O legal é você curtir todas as peças que usa, escolhendo com carinho também as que não estão visíveis para todo mundo, porque o importante é como você se sente: bonita por dentro e por fora.

Minha sugestão nesse post é que você faça uma separação criteriosa nas suas lingeries, dispensando as:

feias, rasgadas, sem par, pequenas, grandes, desconfortáveis e laceadas ou apertadas demais.

Feito isso, veja o que sobrou de pares que sejam realmente legais e que você gosta de usar. Você não precisa ter muitos pares, mas ter aqueles bons para alguns tipos de roupa que você usa regularmente:

decotes, alcinha, tomara-que-caia, roupas claras, calças mais justas e vestidos mais leves.

A tecnologia também chegou nos tecidos, hoje é possível comprar uma peça de renda sem que seja aquela renda que incomoda e pinica. Além disso, não posso esquecer de falar que várias lojas oferecem tamanhos especiais – seja para mulheres maiores ou menores e com taças diferentes. Aquele sistema americano de medir as costas e o tamanho do seio, que determina o número ideal para que o soutien caia bem. Grande parte do bom caimento da roupa vem de saber escolher bem a lingerie. Pense nisso!

Caso você ache que falta algum, vou indicar algumas lojas que gosto bastante e que você encontra fácil nos shoppings da cidade além de alguns venderem inclusive pela internet.

http://www.lutecialingerie.com.br/

http://www.valisere.com.br/

http://www.joge.com.br/

http://www.loungerie.com.br/

Veja alguns modelos lindos que escolhi para te inspirar!

ImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagem

Top 20 Poltronas/Bergeres mais lindas!!!

Image

O que é a sua casa senão o retrato da sua personalidade? 

Algumas pessoas se utilizam da arte de decorar para criar ambientes lúdicos, trazendo para o lar o humor do dia a dia aliado às diversas tendências e estilos que o mercado dispoem hoje.

A poltrona é peça importante num ambiente, seja pessoal ou profissional. Há vários estilos e estampas disponíveis para compor o comodo. O que vale mesmo é ser original, buscar tecidos e formatos novos. Não se deixe levar pelo básico, coloque sua personalidade também no mobiliário da sua casa.

ImageImageImageImageImageImageImageImageImageImageImageImageImageImageImageImageImageImageImage

Brilho para que te quero!

Esse post dedico a todas que curtem um bom brilho! As mulheres não envelhecem, elas passam a usar brilho.

Quando eu era criança, já gostava do brilho que aparecia nas bijus e em algumas peças de roupas de festa. As comemorações que “pediam” brilhos eram as minhas preferidas, porque antigamente não se usava brilho de dia, apenas nos eventos noturnos.

E quando chegou aquela famosa novela das oito (sim, naquela época a novela começava as 20:00), que a atriz principal usava aquelas meias de com fios dourados e prateados?? me realizei! usava com minha sandália de plástico transparente de furinhos, porque naquela época eu ainda não usava salto. 

Enfim, busquei algumas fotos para inspirar vocês que também gostam do riscado! Brilhem nessa virada de ano!

Seja mais, seja você!

ImageImageImageImageImageImageImageImageImageImageImageImageImageImageImage

Finalizadores de Luxo

Se você gosta de estilizar seu cabelo mas se perde para entender o que existe no mercado, veja as dicas nesse post!
Seja mais, seja você!

Universo Moda

kate-moss-campaign

Desde os tempos remotos que as mulheres procuram formulas para manter seus cabelos impecáveis, penteados perfeitos, e se existia uma lacuna na linha de luxo Kérastase, era a dos produtos finalizadores. Mas agora tudo mudou e o ano 2013 ficará para sempre na história da marca graças ao lançamento de Couture Styling. Tendo Kate Moss, a top model inglesa, que se associou pela primeira vez a uma marca de cosmética para cabelos sendo o rosto desta nova gama que combina luxo e glamour, com a qualidade da tecnologia Kérastase.

As fórmulas que constituem cada um dos oito produtos possuem uma nova geração de micro polímeros de fixação, que criam uma camada de proteção e cosmeticidade nos cabelos, conferindo controlo de longa duração, mas mantendo simultaneamente a liberdade e a leveza.

Sabe aquelas ondas das Angels da Victoria Secret?! Estes produtos foram desenvolvidos para que todas nós, rélis mortais, possamos ter…

Ver o post original 280 mais palavras

Você é esquecido(a)? alguns aplicativos legais para te ajudar a lembrar…

Imagem

Se você acha que ainda dá para agregar mais funções ao celular, nós listamos alguns aplicativos que complementam as funções normais do celular e ajudam a transformar o aparelho em um guru diário das nossas necessidades:

Umbrella Reminder: como o nome sugere, este app ajuda o usuário a se lembrar do guarda-chuva. Ele consulta a previsão do tempo e informa, de maneira simpática, se devemos nos preparar para ficar molhados durante o dia. Para Android. Grátis.

Charging Reminder. Outro que vai direto ao ponto: ele é um lembrete para recarregar o celular. Quantas vezes você esqueceu de recarregar o seu durante a noite e ficou sem bateria durante o dia seguinte? Esse app vai ajudar você a controlar melhor a bateria e nunca mais se esquecer de colocar o telefone para carregar. Para Android. Grátis.

Alerta de TPM (para homens). Este app ajuda os homens a se lembrarem dos períodos mais sensíveis na vida de suas mulheres. O app envia um alerta quando a TPM se aproxima e avisa: “o humor dela pode estar se alterando”. Para Android. Custa R$ 4,15, mas há uma versão mais simples gratuita.

Bills Reminder. É um app de lembretes – mas voltado às contas para pagar. Ele permite que você coloque as despesas, valores e formas de pagamento. Quando chega a data de vencimento, seu celular exibe uma notificação na barra superior. É gratuito para Android.

Car Maintenance Reminder Pro. O app ajuda o usuário a se lembrar da manutenção do carro: troca de óleo, rotação dos pneus, alinhamento e balanceamento, troca de filtros e inspeções anuais. Ainda há vários gráficos que ajudam o usuário a calcular o rendimento do veículo. Custa R$ 6,16 no Google Play.

Fonte: Estadão

Seja mais, seja você!