Maria Quebra-Galho

mulher pendurando quadro

Não sei vocês, mas eu sou daqueles tipo que se mete a experimentar coisas novas… tais quais pendurar um quadro, trocar uma lâmpada, trocar um sifão e até pintar uma parede…

Então separei algumas dicas importantes para ajudar quem ainda não se arriscou nessa vida de “Maria quebra-galho”.

1. pendurar um quadro ou mesmo pregar um prego na parede

Antigamente tinha o martelo e o prego, mas quem não tinha experiência, entortava o prego e ainda batia no dedo. Agora tem essa maravilha que é o “bate-prego”. Torna suuuper simples a tarefa de pregar um prego. Tem pregos de várias espessuras, dependendo da superfície que você vai furar, precisa de um mais fino ou mais grosso, além da peça que vai pendurar, lógico.  Para comprar, vá em qualquer casa de construção.

diy_1

2. trocar sifão da pia

Meu pai nunca gostou de produtos feitos de plástico, dizia que era de qualidade ruim. E acabo concordando com ele… outro dia o sifão do tanque de casa começou a pingar. Fui ver, como é de plástico, furou e tinha que ser trocado.

Mas é super simples, porque é de rosca. Garanta que a torneira esteja fechada e destarrache a peça. Leve também na loja de construção para ser modelo de outra nova, aproveite e compre o “veda-rosca”, que vai servir para vedar a parte rosqueada. É um rolo de um material que parece frágil, mas ele termina de fechar as “brechas” da rosca para que a água não vaze. É fundamental passar umas duas voltas de veda-rosca!

diy_2  diy_8

3. trocar uma lâmpada

Pode parecer simples, mas hoje em dia as luminárias são mais complexas que antigamente. As lâmpadas normalmente estão embutidas na luminária de teto e você precisa entender como tirá-las para acessar a lâmpada e trocar.

Grande parte dos spots são “embutidos” e fixados com prendedores internos. Como se fossem uns clips de pressão. Para “desembutir” o spot você precisa soltar ele um pouco da parede fazendo pressão para baixo – puxando mesmo, e depois enfiar os dedos nesse espaço que você criou,  para localizar o clips e soltá-los fazendo a pressão para dentro. Só assim ele se solta.

Quando você conseguir soltá-lo, ele desce até o limite do fio e você consegue desmembrar a lâmpada do spot.

Nem preciso te lembrar de desligar a chave de luz para isso né?

Repare nos clips de metal desse spot para entender melhor o que estou falando… por fora você enxerga a penas a parte redonda branca e a lâmpada, mas por dentro tem todo esse aparato. Minha dica, procure as lampadas de led, que mesmo sendo mais caras, pelo menos você não precisa ficar trocando toda hora.

diy_3

4. repaginar os armários ou cômodas

Eu cansei do visual dos meus armários e estava recebendo regularmente email mkt daquela loja Westwing com vários puxadores lindos!!!

Simples, troquei os puxadores! Escolhi dentre as diversas opções e troquei. Mas quando o pedido chegou, vi que a ferragem do novo era mais grossa do que o que eu já tinha. Foi preciso passar uma furadeira nos furos já existentes para alargar um pouco. Simples, rápido e com pouca sujeira.

Se você mora em SP, na Rua Paes Leme tem várias opções de puxadores também. Dê um passeio por lá e se admire com as possibilidades!

Eu comprei alguns na Westwing (http://www.westwing.com.br/campaign/index/) e outros na Santa Composição (http://santacomposicao.iluria.com/cart-content.html).

A Santa Composição tem um atendimento excelente, mais personalizado! Quando precisei, falei com a Betyane Castelan que é uma graça e fez um atendimento de primeira!

diy_4  puxadores_01

5. pintar uma parede

Parece bem difícil, mas não é! Se ela estiver em ordem, digo sem vazamentos ou grandes furos, é tranquilo. Se tiver um ou outro furinho, compre massa corrida e preencha, espere um dia para secar e depois passe uma lixa fina (150mm) para deixar a parede lisinha.

Você precisa isolar a área, tirando tudo da frente para poder colocar plásticos no chão e fazer uma espécie de moldura ao redor da parede para que a tinta não escorra para onde você não quer e para que você possa deslizar o rolo de tinta sem se preocupar em perder o acabamento.

Para mudar a cor, normalmente você precisa de umas duas demãos de tinta. Faça uma, deixe secar de um dia para o outro e depois faça a outra. Lembre que a cor que fica quando está molhada é mais clara. Depois que seca, o tom fecha um pouco. Se você tem dúvidas de qual tom prefere, compre amostras, fale com o vendedor da loja de tintas e compre potes pequenininhos para fazer apenas um pedaço da parede e escolher o tom que fica melhor.

Ao terminar, compre um produto chamado “Pós-obra”, é excelente para tirar as manchinhas que porventura ficaram em algum lugar.

Tudo o que você precisa é tinta+rolo+pincel+fita-crepe+bandeja+plástico para forrar o chão+luvas+escada.

diy_5 diy_7

Seja mais, seja você!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s