Porque não consigo te esquecer?

te esquecer

Numa cena de filme, tipo água com açúcar, a protagonista perguntava para seu par romântico: porque não consigo te esquecer se você não merece nem mais um segundo do meu pensamento?

Trazendo para a vida real, fico pensando que esse fato é comum no universo sentimental. Muitas pessoas não conseguem virar a página tão facilmente. Usando a razão, ela tem a convicção que já está na hora de esquecer,  que ele não merece, que ele nem é tudo isso, etc…. Mas porque diabos, apesar de todos os defeitos, os desencontros, as raivas, os rancores, as mágoas e até a aparência física (antes tão bonito(a) e agora tão comum…) ela continua presa e querendo continuar apaixonada?

Minha conclusão é que essa pessoa está buscando ela mesma… só que no estado apaixonada. Ela não quer a outra pessoa perto dela porque ela/ele é incrível, inteligente, bonito e sedutor… Nesse caso, o/a outro(a) é apenas a sua ferramenta para sentir todas as sensações boas que uma paixão permite. É como se o/a outro(a) fosse o botão de despertar sentimentos viciantes de alegria, ansiedade, animação, sensualidade, felicidade, dentre outros. E sem ter o/a outro(a), ela fica sem a oportunidade de “se” acessar nessas sensações prazerosas. 

Teoricamente é o que acontece com qualquer vício, o objeto desejado é o instrumento de se “ativar” para realização física e emocional. Por isso, muitas vezes e dependendo do grau, para abandonar o vício é preciso de apoio psicológico. Não adianta não ter cigarro na bolsa… a falta dele continua existindo e chega a ser física.

Acho que por isso é importante se conhecer, para poder entender suas próprias reações e localizar “substitutos” para geração das emoções viciantes, para então conseguir se livrar do vício de gostar de alguém que você deveria esquecer.

Num caso desses, algumas amarras ainda ficam e precisam ser cortadas, tais como objetos que remetem ao ser querido, lugares que trazem memórias à tona, situações que favorecem recordações e assim por diante. E no paralelo, fortalecer  o “botão substituto”, qualquer que seja ele, preferencialmente alguém ou algo de maior qualidade e garantia de conexão mais duradoura.

Não sei se te ajudei a pensar sob outro ponto de vista… mas tentei!

Seja mais, seja você!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s