Isolamento, quem já se cansou?

No começo dessa pandemia eu confesso que, embora me preocupasse com a humanidade e a gravidade da facilidade com que esse vírus se espalhava e se mostrava letal, como estava distante de mim, eu pensei que seria algo mais rápido e se limitasse apenas aos demais países. Dizem que essa era a fase da negação. Começamos sempre negando o que sentimos, para depois aceitar e na sequencia enfrentar os desafios.

Hoje, depois de mais de 60 dias de isolamento, já não sei mais em que fase estou. Já neguei, aceitei e enfrentei os desafios. Fiz cursos, li livros, mergulhei no trabalho, iniciei atividade física regularmente, intruduzi a meditação na rotina e várias outras iniciativas de culinária e trabalhos manuais. Depois disso tudo, ainda continuo esperando qual fase é agora. Talvez seja retomar o aceitar e viver apenas o que está na pauta do dia, já que continuamos sem poder planejar nada. O horizonte que tínhamos, foi tirado.

Agora é viver o agora!