Como escolher o corte de cabelo ideal: um pouco de visagismo

Ser cabeleireiro antigamente era apenas saber lidar com as tesouras e navalhas – parta cortar e repicar respectivamente. Não existiam tantas outras ferramentas e estudos para entender e oferecer o corte ideal para cada tipo de rosto e muito menos pensando no “tipo” de cabelo de cada um.

Era comum as mulheres levarem a foto de um corte que gostavam e o profissional seguir o corte sem ao menos questionar que, mesmo cortando no formato indicado na foto, o cabelo da cliente poderia ficar bem diferente, caso ele fosse estruturalmente o oposto do cabelo da modelo em questão.

Enfim, esse tempo mudou… hoje já cabeleireiros que chegam a se recusar a cortar um cabelo se já entenderem que o resultado não vai agradar. A isso dou o nome de profissionalismo. Porque se vou ao profissional, pedindo para fazer algo enxergando um resultado e ele, tendo estudado tipos de cabelos e formatos de rostos, não indica seguir esse caminho, eu deveria acatar e tentar entender um pouco mais do assunto para adaptar meu gosto às possibilidades que tenho considerando meu perfil e estrutura capilar.

Entendo que essa é a forma ideal de atingir um objetivo concreto. Fazendo uma analogia, é como ir ao cirurgião plástico pedindo para ele diminuir meu nariz, sendo que para minhas feições, a redução resultará em desarmonização da face.

A beleza está no todo, no conjunto e não adianta querer fazer cortes e cirurgias por partes se no final elas terão que se encaixar no seu “todo”.

Seguem algumas dicas de formatos de rostos e cortes indicados para cada um deles, vejam onde se encaixam para o próximo corte!

O primeiro passo é identificar o formato do seu rosto. Na internet tem muitos desenhos ensinando como identificar o formato, mas achei essa a mais fácil, porque você faz os 5 pontos imaginários (ou pegue uma foto sua de rosto e pinte efetivamente) para finalmente encontrar seu tipo.

Observe primeiro os 4 pontos acima (testa e têmporas), depois os 3 pontos abaixo (têmporas e queixo). Quando é quadrado, os pontinhos quando “unidos” por um traço, ficam paralelos um ao outro, dando a noção do quadrado. Já o oval, faz como um parenteses entre as têmporas esquerda e direita. Caso suas têmporas sejam mais evidentes e seu queixo mais “bicudo” você tem um rosto triangular. E por fim, se você tem a parte superior do quadrado e inferior entre o triangular e o quadrado, você tem um rosto redondo.

Imagem

Cortes para o rosto quadrado:

Imagem

Se pegarmos essa foto, vemos que há flexibilidade para cortes, desde o curto até o longo. Ai vai do gosto pessoal de cada um, cachos nos cabelos longos ou as pontas dos desfiados mais curtos. O que não fica legal e totalmente liso, porque não cria o movimento necessário que o formato quadrado “pede”.

ImagemImagemImagem

Cortes para o rosto oval:

Imagem

Esse tipo de rosto é bem flexível… praticamente todos os cortes ficam bons, já que as medidas são equilibradas, sem ângulos marcantes.

Escolha deixar o rosto aparente, sem cortes que invadam o rosto. Os desfiados com algum volume caem bem, sejam eles curtos, médios ou longos.

Coloquei a foto dessa atriz maravilhosa para vocês terem uma ideia do formato de rosto e dos cortes sugeridos. Notem que manter o volume é importante para que o rosto não fique “bolacha”.

Vejam a última foto, com ela de cabelos lisos e sem volume, dando a aparência arredondada demais.

ImagemImagemImagems.Imagem

Imagem

Imagem Pessoalmente, não gosto dos totalmente lisos e fio reto, pois deixa de “enfeitar” o rosto.

Agora, para fechar o rosto oval, veja que a produção é importante. Ninguém sai bem numa foto sem produção. (a mesma atriz, porém ainda no frescor da juventude, sem o conhecimento ou aplicação de toda tecnologia e ferramentas para ressaltar sua beleza)

Imagem

Cortes para o rosto triangular:

Imagem

Pense no equilíbrio do rosto… se o triangulo tem a base mais fina, que tal um corte que traga base para o rosto completo (face+cabelos). É assim… o cabelo na altura do queixo vai equilibrar e diminuir a importância do queixo mais pontudo.

Fazer um desfiado por inteiro, com volume entre o queixo e o pescoço e as pontas voltadas para fora, franjas laterais ou com fios leves e repicados. Se prefere cabelos longos, escolha o comprimento abaixo do ombro.  Para os cortes com menos ponta e volume, o comprimento deve ser abaixo do ombro.

Vejam os exemplos nessas fotos da atriz Reese Whiterspoon. Fazer um volume faz diferença. Quando ela opta por lisos, vejam que fica bom apenas com a franja, que equilibra mais o rosto. Já o liso total, ressalta o queixo. (vide as duas últimas fotos dela)

ImagemImagemImagemImagemImagemOsImagem ImagemImagem

Cortes para o rosto redondo:

Imagem

Face larga, maçã do rosto arredondada e saliente, que se difere do formato oval por sua testa curta e queixo pequeno.

O ideal são os cortes que descem no rosto até pelo menos o queixo, sejam eles com um franjão desse comprimento ou todo ele, já que esse rosto, pede um corte que feche, ao contrário do triangular, que precisa abrir para harmonizar.

Vejam o exemplo da atriz Renée Zellweger, nos diversos cortes, sendo que os que mais acertam seu formato arredondado são os que descem franjas para quebrar o redondo, sejam as franjas mais lisas ou com algum volume. e o fio reto (com ou sem franja) que também dá a noção de longilíneo, porque alonga o rosto. Nas últimas 3 fotos, são os cortes que “engordaram” a atriz, quando ressaltou o formato deixando mais saliente ainda.

Imagem

ImagemImagemImagemImagem

ImagemImagemImagem

Agora você já consegue ter uma ideia mais concreta de como escolher o corte que vai melhor com seu cabelo e formato de rosto. Fale com seu cabeleireiro e arrisque a mudar um pouco. Sempre vale a pena fazer algo novo e experimentar sensações novas, e usar os cortes para tanto é fantástico, pois se você não gostou, ele vai voltar a crescer naturalmente.

Eu frequento um cabeleireiro em SP que é fantástico para essas mudanças, que exigem cuidado e profissionais que sabem fazer o corte e ainda escolher o tom ideal para sua cor de pele.

Ambiente acolhedor, equipe simpática e divertida,faz do momento decisivo de cortar e inovar algo bem tranquilo e satisfatório.

Imagem

http://cabelaria.com.br/index.php/os-profissionais/

Imagem

Espero ter ajudado vocês a mudar, inovar e renovar a vocês mesmas, buscando novas pessoas dentro de vocês capazes de voos mais altos ainda!

Seja mais, seja você!

Estampas, sempre a dificuldade para combinar!

Mais uma sobre como usar as estampas… eu demorei para entender como combinar, mas hoje acho mais fácil do que antigamente. Com uma saia estampada, ao invés de usar uma camisa com a mesma cor, vale usar uma cor extra ao conjunto, justamente para quebrar a estampa. Vejam como fica bom!

saia estampada

 

Imagem

Papel de Parede para todos os gostos!

Uma forma de dar uma cara nova na sua casa é revestir uma parede com papel parede. Eles estão bem versáteis em termos de estampas, mais ou menos comprometidas. Alguns são tão discretos que nem se nota, mas cumprem o papel de compor a decoração dando um ar mais elegante.

Para alguns ambientes, também vale colocar apenas na parte interna dos armários, fica um visual divertido.

Quando se usa uma estampa mais “presente”, vale usar móveis menos chamativos, com cores mais discretas e lisos. Assim você deixa que o destaque fique com a parede.

As peças que ficam no ambiente podem ter tons que remetem ao papel, para que se “conversem”.

Pense nisso!!

Seja mais, seja você!

ImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagem

Como organizar livros de forma harmonica!

Imagem

 

Arrumar as prateleiras com livros sem que fique parecendo um “sebo” é uma arte! o melhor que você pode fazer é organizar da seguinte forma:

1. colocar pilhas separadas por espaços e objetos decorativos

2. os maiores ficam embaixo e os menores em cima quando estão na horizontal

3. os menores na ponta quando estão na vertical, não deixe no meio pois esteticamente não fica bom

4. naqueles que forem colocados na horizontal, coloque um ou outro objeto mais expresssivo para “decorar” a pilha de livros

5. é válido apoiar também um quadro (vide o P&B da foto) com alguns ornamentos – se tiver alguns que formam “pares” fica mais linear, sem parecer com uma prateleira em que se coloca tudo que encontra pela frente

6. e por fim, se atente para colocar alguns horizontais com verticais no meio e fazer jogos assim distribuídos nas prateleiras

Boa arrumação! 

Seja mais, seja você!

24 timelines mais criativas do Facebook

Eles são demais!!!

“Sem dúvidas o facebook foi a rede social até hoje que mais atraiu público a participar. Com mais de 750 milhões de usuários, o facebook liberou depois de um tempo da sua criação, que o usuário pudesse personalizar sua timeline, podendo alterar a imagem fazendo uma interação com a imagem do perfil.

Nesse post, vamos apresentar a vocês uma lista que selecionamos das 24 melhores timelines criativas do facebook. Se você tem alguma timeline criativa, utilize nosso plugin de comentários do facebook la em baixo para divulgar sua criatividade.”

Fonte: creatives.com

Seja mais, seja você!

 

O que as mulheres gostam nos homens…

Para muitos homens é difícil saber qual estilo adotar e como se vestir. Se a roupa tenta demonstrar um pouco quem somos, saber identificar as peças que fazem esse papel é um trabalho que nem todos conseguem executar. 

Isso é natural, pois os homens em geral não são tão ligados em moda, cores e padrões como as mulheres. É biológico… não adianta negar, homens são diferentes de mulheres. Portanto seguem abaixo algumas dicas sobre moda que podem te interessar!

O estilo social pode ser mais sério ou mais despojado. As cores claras são mais descontraídas e podem ser usadas se esse for seu estilo de ser e logicamente se seu ambiente de trabalho permitir.

Você não precisa deixar de ser quem você é para vestir um terno. Mantenha suas pulseiras e não esconda sua tatuagem. Elas fazem parte de você. 

ImagemImagemImagem

 

A mistura de estampas pode ser bacana, mas muito cuidado! para isso é preciso combinar com seu estilo e saber o que misturar. Para ser bem simplista, escolha os mesmos tons, caso queira se arriscar.

Blazer com calça mais casual também pode usar… mas novamente, se fizer parte da sua personalidade. Você imagina o Fernando Henrique Cardoso com um blazer xadrez e lenço estampado?

 

 

Imagem

 

Camisa jeans com blazer fica bem também… mas o cuidado que sempre aconselho: o tecido da camisa não deve ser mais “grosso” que o do blazer. Então escolha aquela camisa jeans com o tecido leve.

 

 

Imagem

 

Acho lindo homem de calça branca!!! Passa uma energia boa e um estilo marcante de ser. Com camisa social, minha dica é escolher uma mais séria – com estampa branca e mais uma cor apenas. E bom, procure usar em dias mais quentes, no inverno fica meio estranho usar calça branca.

Imagem

 

Calça casual colorida: Sim! para os finais de semana em especial. Use com camisetas descoladas, lisas ou com alguma estampa ou quote. Procure colocar acessórios mais rústicos tais como cinto de couro cru e pulseira de couro.

 

 

Imagem

 

Camiseta branca: tem que ter várias. Cai bem em diversas situações, com blazer, jaqueta ou mesmo sozinha. Escolha aquela com um tecido bom, que não fica esgarçada após a primeira lavagem. Mesmo sendo branca e simples, vale a pena investir em qualidade. Use com bermudas e calças de qualquer estilo, você estará coberto.

Farei outro post sobre sapatos… mas na foto abaixo já tem um bom exemplo do uso de Alpargatas. Calça chino + camiseta branca + alpargatas. Um luxo.

 

 

Imagem

 

Bermuda “social” também é um item delicado… não curto aquele visual de “americaninho” com bermuda social+cinto+polo. Mas dá para usar a bermuda social de um jeito bacana. Escolha a camiseta – bem casual, daquele estilo “usada” e abuse dos complementos crus e rústicos para quebrar a seriedade e dar outro papel para a bermuda. 

Essa abaixo está dobrada, mas veja que não é daquele estilo barra italiana… não use barra italiana em bermudas!

 

 

 

Imagem

 

Estilo “black”! passa aquela imagem de mistério…homem de muitos segredos e com certeza interessante! 

Aqui também vale as dicas da camiseta branca… invista, tenha várias e de tecidos bons. Combina com quase tudo. Eu só diria que para usar com calça branca eu ficaria em dúvida. Não sei… precisaria ver a combinação para decidir.

 

Imagem

 

E para fechar… se você não tem uma boa jaqueta de couro, compre uma! é ótima opção para várias ocasiões além de ser peça curinga no inverno. 

Eu escolheria a cor marron, porque não briga com nenhuma outra cor. E quanto ao modelo, escolha o mais simples, sem muitos bolsos e zíperes. Assim a roupa que você colocar por baixo é que vai definir o estilo dela.

 

Imagem

 

Seja mais, seja você!

 

 

Imagem

Day by day

Day by day

Não sei vocês, mas eu tenho alguns dias em que quero estar mais hippie sabe… com esse estilo mais descontraído, camiseta branca com uns colares sem brilho, mais rústicos.
Essa foto representa bem um desses dias, em que o estilo é esse, pensado e leve, sem preocupação.
Experimente de vez em quando variar seu próprio modo de se vestir e vai ver que se sentirá outra mulher!
Vale a pena sair do “seu básico” hora ou outra…