Cabelo… é assim, só se habituar a arrumar! igual desodorante!

Dá trabalho cuidar dos cabelos, mas a verdade é que é só mais um hábito que se adquire a partir da prática do dia a dia… Veja alguns estilos que podem te inspirar a mudar o hábito de apenas deixar ele ser o que quer…

Esse coque é bem estiloso e simples de fazer… você precisa do acessório para ficar assim (veja na foto abaixo)

 

coquerosquinha

 

 

Outro acessório bacana que prende muito o cabelo é essa “molinha” dura. Ela tem o poder de “segurar” bem o cabelo. Você pod

 

 

 

 

 

Imagem

ImagemImagem

Imagem

Imagem

Imagem

ImagemImagem

Imagem

Tons escuros e nude prevalecem nas cores de esmaltes Outono/Inverno 2014

Dicas boas para vocês, mulheres lindas!

Uma unha bem feita representa muito mais do que um capricho feminino. Pode ser considerado sinônimo de mulher cuidadosa. Na hora de fazer as unhas, o formato escolhido, quadradas ou arredondadas e ainda as cores pintadas revelam o estado de espírito e a personalidade de cada uma.
Se você é do tipo de mulher que se atêm aos detalhes femininos, que gosta de seguir as tendências, ou de ficar informada, vale lembrar que o verão termina nesta quarta-feira (19) e a moda Outono/Inverno para esmaltes traz cores fortes, com tons sóbrios darks e claros com os nudes e cores adocicadas, para todos os estilos e fases da mulher.
Em alta as cores escuras prevalecem, com acabamento cremoso, fosco ou metálico. O preto e o cinza forte continuam em alta, para mulheres que gostam de seguir um estilo rock. Na mesma linha, o azul arroxeado e o verde militar são usados por mulheres…

Ver o post original 93 mais palavras

Ora bolas… que lindas vocês são!!

As bolinhas, petit-poas, polca dot, ou seja o nome que for são eternas. Já passaram por clássicas e elegantes até divertidas e meigas. Se antes eram únicas em estampas de tecidos, agora elas invadem os ambientes, trazendo divertimento, descontração e inovação.

Vejam os diversos exemplos, dos clássicos aos mais contemporâneos com nossas queridas bolinhas!

Uso nos vestidos: alegres, sobrios, sexys e clássicos.

vestido de bolinhas7 vestido de bolinhas6 vestido de bolinha5 vestido de bolinha4 vestido de bolinha3 vestido bolinha2 vestido de bolinha1 vestido de bolinha

 

Na pés: descontraídos e atuais.

allstar de bolinhas chinelos de bolinhas sapato de bolinhas

 

Nos looks, camisas e calças: passa pelo casual até o clássico de seda, sem deixar a desejar em nenhum deles.

look de bolinhas conjunto de bolinhas1 camisa de bolinhas conjunto de bolinhas calça de bolinhas camisa de bolinhas2

 

 

E por fim, nos ambientes, traz a jovialidade e a inovação para qualquer um deles:

abatjours de bolinhas parede de bolinhas2 parede de bolinhas1 parede de bolinhas pretas cafe bolinhas parede de bolinhas douradas cadeira de bolinha bandejas de bolinhas dalmatas no sofa parede de bolinhas tapete dalmatas bolinhas na cama

 

Seja mais, seja você!

Como escolher o corte de cabelo ideal: um pouco de visagismo

Ser cabeleireiro antigamente era apenas saber lidar com as tesouras e navalhas – parta cortar e repicar respectivamente. Não existiam tantas outras ferramentas e estudos para entender e oferecer o corte ideal para cada tipo de rosto e muito menos pensando no “tipo” de cabelo de cada um.

Era comum as mulheres levarem a foto de um corte que gostavam e o profissional seguir o corte sem ao menos questionar que, mesmo cortando no formato indicado na foto, o cabelo da cliente poderia ficar bem diferente, caso ele fosse estruturalmente o oposto do cabelo da modelo em questão.

Enfim, esse tempo mudou… hoje já cabeleireiros que chegam a se recusar a cortar um cabelo se já entenderem que o resultado não vai agradar. A isso dou o nome de profissionalismo. Porque se vou ao profissional, pedindo para fazer algo enxergando um resultado e ele, tendo estudado tipos de cabelos e formatos de rostos, não indica seguir esse caminho, eu deveria acatar e tentar entender um pouco mais do assunto para adaptar meu gosto às possibilidades que tenho considerando meu perfil e estrutura capilar.

Entendo que essa é a forma ideal de atingir um objetivo concreto. Fazendo uma analogia, é como ir ao cirurgião plástico pedindo para ele diminuir meu nariz, sendo que para minhas feições, a redução resultará em desarmonização da face.

A beleza está no todo, no conjunto e não adianta querer fazer cortes e cirurgias por partes se no final elas terão que se encaixar no seu “todo”.

Seguem algumas dicas de formatos de rostos e cortes indicados para cada um deles, vejam onde se encaixam para o próximo corte!

O primeiro passo é identificar o formato do seu rosto. Na internet tem muitos desenhos ensinando como identificar o formato, mas achei essa a mais fácil, porque você faz os 5 pontos imaginários (ou pegue uma foto sua de rosto e pinte efetivamente) para finalmente encontrar seu tipo.

Observe primeiro os 4 pontos acima (testa e têmporas), depois os 3 pontos abaixo (têmporas e queixo). Quando é quadrado, os pontinhos quando “unidos” por um traço, ficam paralelos um ao outro, dando a noção do quadrado. Já o oval, faz como um parenteses entre as têmporas esquerda e direita. Caso suas têmporas sejam mais evidentes e seu queixo mais “bicudo” você tem um rosto triangular. E por fim, se você tem a parte superior do quadrado e inferior entre o triangular e o quadrado, você tem um rosto redondo.

Imagem

Cortes para o rosto quadrado:

Imagem

Se pegarmos essa foto, vemos que há flexibilidade para cortes, desde o curto até o longo. Ai vai do gosto pessoal de cada um, cachos nos cabelos longos ou as pontas dos desfiados mais curtos. O que não fica legal e totalmente liso, porque não cria o movimento necessário que o formato quadrado “pede”.

ImagemImagemImagem

Cortes para o rosto oval:

Imagem

Esse tipo de rosto é bem flexível… praticamente todos os cortes ficam bons, já que as medidas são equilibradas, sem ângulos marcantes.

Escolha deixar o rosto aparente, sem cortes que invadam o rosto. Os desfiados com algum volume caem bem, sejam eles curtos, médios ou longos.

Coloquei a foto dessa atriz maravilhosa para vocês terem uma ideia do formato de rosto e dos cortes sugeridos. Notem que manter o volume é importante para que o rosto não fique “bolacha”.

Vejam a última foto, com ela de cabelos lisos e sem volume, dando a aparência arredondada demais.

ImagemImagemImagems.Imagem

Imagem

Imagem Pessoalmente, não gosto dos totalmente lisos e fio reto, pois deixa de “enfeitar” o rosto.

Agora, para fechar o rosto oval, veja que a produção é importante. Ninguém sai bem numa foto sem produção. (a mesma atriz, porém ainda no frescor da juventude, sem o conhecimento ou aplicação de toda tecnologia e ferramentas para ressaltar sua beleza)

Imagem

Cortes para o rosto triangular:

Imagem

Pense no equilíbrio do rosto… se o triangulo tem a base mais fina, que tal um corte que traga base para o rosto completo (face+cabelos). É assim… o cabelo na altura do queixo vai equilibrar e diminuir a importância do queixo mais pontudo.

Fazer um desfiado por inteiro, com volume entre o queixo e o pescoço e as pontas voltadas para fora, franjas laterais ou com fios leves e repicados. Se prefere cabelos longos, escolha o comprimento abaixo do ombro.  Para os cortes com menos ponta e volume, o comprimento deve ser abaixo do ombro.

Vejam os exemplos nessas fotos da atriz Reese Whiterspoon. Fazer um volume faz diferença. Quando ela opta por lisos, vejam que fica bom apenas com a franja, que equilibra mais o rosto. Já o liso total, ressalta o queixo. (vide as duas últimas fotos dela)

ImagemImagemImagemImagemImagemOsImagem ImagemImagem

Cortes para o rosto redondo:

Imagem

Face larga, maçã do rosto arredondada e saliente, que se difere do formato oval por sua testa curta e queixo pequeno.

O ideal são os cortes que descem no rosto até pelo menos o queixo, sejam eles com um franjão desse comprimento ou todo ele, já que esse rosto, pede um corte que feche, ao contrário do triangular, que precisa abrir para harmonizar.

Vejam o exemplo da atriz Renée Zellweger, nos diversos cortes, sendo que os que mais acertam seu formato arredondado são os que descem franjas para quebrar o redondo, sejam as franjas mais lisas ou com algum volume. e o fio reto (com ou sem franja) que também dá a noção de longilíneo, porque alonga o rosto. Nas últimas 3 fotos, são os cortes que “engordaram” a atriz, quando ressaltou o formato deixando mais saliente ainda.

Imagem

ImagemImagemImagemImagem

ImagemImagemImagem

Agora você já consegue ter uma ideia mais concreta de como escolher o corte que vai melhor com seu cabelo e formato de rosto. Fale com seu cabeleireiro e arrisque a mudar um pouco. Sempre vale a pena fazer algo novo e experimentar sensações novas, e usar os cortes para tanto é fantástico, pois se você não gostou, ele vai voltar a crescer naturalmente.

Eu frequento um cabeleireiro em SP que é fantástico para essas mudanças, que exigem cuidado e profissionais que sabem fazer o corte e ainda escolher o tom ideal para sua cor de pele.

Ambiente acolhedor, equipe simpática e divertida,faz do momento decisivo de cortar e inovar algo bem tranquilo e satisfatório.

Imagem

http://cabelaria.com.br/index.php/os-profissionais/

Imagem

Espero ter ajudado vocês a mudar, inovar e renovar a vocês mesmas, buscando novas pessoas dentro de vocês capazes de voos mais altos ainda!

Seja mais, seja você!

Brasileiras pelo Mundo: O inverno na terra dos vikings

Pessoal, mais uma indicação para quem busca um pouco de cultura, sociedade e modo de vida fora do Brasil, nesse caso, a Suécia, contada por uma brasileira!
Seja mais, seja você!

Diário de uma Teimosa

Hoje saiu mais um dos meus textos lá no Brasileiras pelo Mundo e dessa vez eu falei um pouco sobre como é o inverno sueco.

Se interessou e quer saber mais da cultura desse país tão fascinante que é a Suécia? Dá uma olhadinha no link o inverno na terra dos vikings e mate sua curiosidade.

Tô te esperando por lá!

Vi ses… hej då! ;-)

Ver o post original

Estampas, sempre a dificuldade para combinar!

Mais uma sobre como usar as estampas… eu demorei para entender como combinar, mas hoje acho mais fácil do que antigamente. Com uma saia estampada, ao invés de usar uma camisa com a mesma cor, vale usar uma cor extra ao conjunto, justamente para quebrar a estampa. Vejam como fica bom!

saia estampada