Como escolher o corte de cabelo ideal: um pouco de visagismo

Ser cabeleireiro antigamente era apenas saber lidar com as tesouras e navalhas – parta cortar e repicar respectivamente. Não existiam tantas outras ferramentas e estudos para entender e oferecer o corte ideal para cada tipo de rosto e muito menos pensando no “tipo” de cabelo de cada um.

Era comum as mulheres levarem a foto de um corte que gostavam e o profissional seguir o corte sem ao menos questionar que, mesmo cortando no formato indicado na foto, o cabelo da cliente poderia ficar bem diferente, caso ele fosse estruturalmente o oposto do cabelo da modelo em questão.

Enfim, esse tempo mudou… hoje já cabeleireiros que chegam a se recusar a cortar um cabelo se já entenderem que o resultado não vai agradar. A isso dou o nome de profissionalismo. Porque se vou ao profissional, pedindo para fazer algo enxergando um resultado e ele, tendo estudado tipos de cabelos e formatos de rostos, não indica seguir esse caminho, eu deveria acatar e tentar entender um pouco mais do assunto para adaptar meu gosto às possibilidades que tenho considerando meu perfil e estrutura capilar.

Entendo que essa é a forma ideal de atingir um objetivo concreto. Fazendo uma analogia, é como ir ao cirurgião plástico pedindo para ele diminuir meu nariz, sendo que para minhas feições, a redução resultará em desarmonização da face.

A beleza está no todo, no conjunto e não adianta querer fazer cortes e cirurgias por partes se no final elas terão que se encaixar no seu “todo”.

Seguem algumas dicas de formatos de rostos e cortes indicados para cada um deles, vejam onde se encaixam para o próximo corte!

O primeiro passo é identificar o formato do seu rosto. Na internet tem muitos desenhos ensinando como identificar o formato, mas achei essa a mais fácil, porque você faz os 5 pontos imaginários (ou pegue uma foto sua de rosto e pinte efetivamente) para finalmente encontrar seu tipo.

Observe primeiro os 4 pontos acima (testa e têmporas), depois os 3 pontos abaixo (têmporas e queixo). Quando é quadrado, os pontinhos quando “unidos” por um traço, ficam paralelos um ao outro, dando a noção do quadrado. Já o oval, faz como um parenteses entre as têmporas esquerda e direita. Caso suas têmporas sejam mais evidentes e seu queixo mais “bicudo” você tem um rosto triangular. E por fim, se você tem a parte superior do quadrado e inferior entre o triangular e o quadrado, você tem um rosto redondo.

Imagem

Cortes para o rosto quadrado:

Imagem

Se pegarmos essa foto, vemos que há flexibilidade para cortes, desde o curto até o longo. Ai vai do gosto pessoal de cada um, cachos nos cabelos longos ou as pontas dos desfiados mais curtos. O que não fica legal e totalmente liso, porque não cria o movimento necessário que o formato quadrado “pede”.

ImagemImagemImagem

Cortes para o rosto oval:

Imagem

Esse tipo de rosto é bem flexível… praticamente todos os cortes ficam bons, já que as medidas são equilibradas, sem ângulos marcantes.

Escolha deixar o rosto aparente, sem cortes que invadam o rosto. Os desfiados com algum volume caem bem, sejam eles curtos, médios ou longos.

Coloquei a foto dessa atriz maravilhosa para vocês terem uma ideia do formato de rosto e dos cortes sugeridos. Notem que manter o volume é importante para que o rosto não fique “bolacha”.

Vejam a última foto, com ela de cabelos lisos e sem volume, dando a aparência arredondada demais.

ImagemImagemImagems.Imagem

Imagem

Imagem Pessoalmente, não gosto dos totalmente lisos e fio reto, pois deixa de “enfeitar” o rosto.

Agora, para fechar o rosto oval, veja que a produção é importante. Ninguém sai bem numa foto sem produção. (a mesma atriz, porém ainda no frescor da juventude, sem o conhecimento ou aplicação de toda tecnologia e ferramentas para ressaltar sua beleza)

Imagem

Cortes para o rosto triangular:

Imagem

Pense no equilíbrio do rosto… se o triangulo tem a base mais fina, que tal um corte que traga base para o rosto completo (face+cabelos). É assim… o cabelo na altura do queixo vai equilibrar e diminuir a importância do queixo mais pontudo.

Fazer um desfiado por inteiro, com volume entre o queixo e o pescoço e as pontas voltadas para fora, franjas laterais ou com fios leves e repicados. Se prefere cabelos longos, escolha o comprimento abaixo do ombro.  Para os cortes com menos ponta e volume, o comprimento deve ser abaixo do ombro.

Vejam os exemplos nessas fotos da atriz Reese Whiterspoon. Fazer um volume faz diferença. Quando ela opta por lisos, vejam que fica bom apenas com a franja, que equilibra mais o rosto. Já o liso total, ressalta o queixo. (vide as duas últimas fotos dela)

ImagemImagemImagemImagemImagemOsImagem ImagemImagem

Cortes para o rosto redondo:

Imagem

Face larga, maçã do rosto arredondada e saliente, que se difere do formato oval por sua testa curta e queixo pequeno.

O ideal são os cortes que descem no rosto até pelo menos o queixo, sejam eles com um franjão desse comprimento ou todo ele, já que esse rosto, pede um corte que feche, ao contrário do triangular, que precisa abrir para harmonizar.

Vejam o exemplo da atriz Renée Zellweger, nos diversos cortes, sendo que os que mais acertam seu formato arredondado são os que descem franjas para quebrar o redondo, sejam as franjas mais lisas ou com algum volume. e o fio reto (com ou sem franja) que também dá a noção de longilíneo, porque alonga o rosto. Nas últimas 3 fotos, são os cortes que “engordaram” a atriz, quando ressaltou o formato deixando mais saliente ainda.

Imagem

ImagemImagemImagemImagem

ImagemImagemImagem

Agora você já consegue ter uma ideia mais concreta de como escolher o corte que vai melhor com seu cabelo e formato de rosto. Fale com seu cabeleireiro e arrisque a mudar um pouco. Sempre vale a pena fazer algo novo e experimentar sensações novas, e usar os cortes para tanto é fantástico, pois se você não gostou, ele vai voltar a crescer naturalmente.

Eu frequento um cabeleireiro em SP que é fantástico para essas mudanças, que exigem cuidado e profissionais que sabem fazer o corte e ainda escolher o tom ideal para sua cor de pele.

Ambiente acolhedor, equipe simpática e divertida,faz do momento decisivo de cortar e inovar algo bem tranquilo e satisfatório.

Imagem

http://cabelaria.com.br/index.php/os-profissionais/

Imagem

Espero ter ajudado vocês a mudar, inovar e renovar a vocês mesmas, buscando novas pessoas dentro de vocês capazes de voos mais altos ainda!

Seja mais, seja você!

Imagem

Chemise: garante o look em qualquer ocasião

Peça fundamental no guarda-roupa feminino! O chemise é um vestido que lembra uma camisa, que pode ser liso ou estampado, curto ou longo e de qualquer tecido (seda, malha, algodão, cetim, etc). É uma peça que transita nos diversos ambientes e tem a flexibilidade para compor um visual mais esporte ou mais fino, variando de acordo com os acessórios escolhidos.
Se você veste usando pérolas e um sapato mais formal, ele cai bem num jantar mais elaborado. Caso, com a mesma peça, você troque os acessórios por um belo cinto de couro rústico, sapatilha ou rasteira e um brinco de argolas, ele se transforma num look casual, para dia a dia.
Além de tudo, é extremamente confortável e permite o uso naqueles dias ou meses em que estamos mais acima ou abaixo do peso, já que não é um vestido que marca o corpo.
Experimento a democracia desse vestido, que é sexy e sóbrio, dependendo do seu humor e necessidade !
Veja alguns modelos legais para te inspirar na próxima compra!

Seja mais, seja você!
chemise7  chemise6  chemise5

chemise4  chemise3 chemise2  chemise1

E agora Renner e C&A?

Forever-21-logo
Nossas fast fashions Renner e C&A são lojas que de longe trazem os preços que esse tipo de moda requer, que por ser “fast” precisa ser “cheap. Aliás, pelo contrário, ambas trabalham com preços mais altos que várias boutiques de shoppings, sendo que o único apelo é ter o cartão da loja, que propicia dividir o pagamento.
Enfim, com a vinda da Forever 21 talvez esse modelo seja repensado. Veja a matéria do Estadão sobre a abertura da loja em SP.

“Abriu nesta quinta-feira, 13, para a imprensa e convidados, a primeira loja da fast fashion americana Forever 21 em São Paulo.Em uma loja de 2 andares, com cerca de 1170 m², a loja no Morumbi Shopping abre as portas, oficialmente, no sábado, 15, para grande público.

O Moda foi conferir as novidades da nova fast fashion que promete ser fiel a sua fama internacional: a de primar por preços baixos.

O preço convidativo, aliás, é um dos diferenciais da Forever 21 diante das outras fast fashions internacionais que já desembarcaram por aqui, como a Topshop e a própria Zara. A peça mais em conta da loja, uma regata branca, custa R$ 8,90, enquanto a mais cara fica na faixa dos R$ 120, valor de uma jaqueta de couro.

As calças jeans em lavagem lisa custam R$34,90. Uma regata estampada, mais trabalhada: R$ 44,90. Vestidos: R$ 45. Leggings que levam estampas do floral ao grafismo, R$ 34. Você encontra calcinhas por R$ 8,90 também. Maxi colares por cerca de R$ 30. Brincos: R$ 15. Os manequins usam open boots, tendência do momento, mas os calçados ainda não chegaram por aqui.

A marca, que é conhecida por oferecer tendências recentes, bons preços e primar por uma moda mais jovem, atraiu para a inauguração um público variado, de diversas idades e, apesar de só ter coleções femininas, os homens também marcaram presença.
forever-21-

Expansão. A Forever 21 abre mais uma filial no dia 22 de março no Vilage Mall, no Rio de Janeiro, e tem planos de expandir no mercado brasileiro e abrir outras lojas em Ribeirão Preto, Brasília e Porto Alegre. Vamos aguardar!”

Fonte: Estadão
forever

E agora Renner e C&A?

Forever-21-logo
Nossas fast fashions Renner e C&A são lojas que de longe trazem os preços que esse tipo de moda requer, que por ser “fast” precisa ser “cheap. Aliás, pelo contrário, ambas trabalham com preços mais altos que várias boutiques de shoppings, sendo que o único apelo é ter o cartão da loja, que propicia dividir o pagamento.
Enfim, com a vinda da Forever 21 talvez esse modelo seja repensado. Veja a matéria do Estadão sobre a abertura da loja em SP.

“Abriu nesta quinta-feira, 13, para a imprensa e convidados, a primeira loja da fast fashion americana Forever 21 em São Paulo.Em uma loja de 2 andares, com cerca de 1170 m², a loja no Morumbi Shopping abre as portas, oficialmente, no sábado, 15, para grande público.

O Moda foi conferir as novidades da nova fast fashion que promete ser fiel a sua fama internacional: a de primar por preços baixos.

O preço convidativo, aliás, é um dos diferenciais da Forever 21 diante das outras fast fashions internacionais que já desembarcaram por aqui, como a Topshop e a própria Zara. A peça mais em conta da loja, uma regata branca, custa R$ 8,90, enquanto a mais cara fica na faixa dos R$ 120, valor de uma jaqueta de couro.

As calças jeans em lavagem lisa custam R$34,90. Uma regata estampada, mais trabalhada: R$ 44,90. Vestidos: R$ 45. Leggings que levam estampas do floral ao grafismo, R$ 34. Você encontra calcinhas por R$ 8,90 também. Maxi colares por cerca de R$ 30. Brincos: R$ 15. Os manequins usam open boots, tendência do momento, mas os calçados ainda não chegaram por aqui.

A marca, que é conhecida por oferecer tendências recentes, bons preços e primar por uma moda mais jovem, atraiu para a inauguração um público variado, de diversas idades e, apesar de só ter coleções femininas, os homens também marcaram presença.
forever-21-

Expansão. A Forever 21 abre mais uma filial no dia 22 de março no Vilage Mall, no Rio de Janeiro, e tem planos de expandir no mercado brasileiro e abrir outras lojas em Ribeirão Preto, Brasília e Porto Alegre. Vamos aguardar!”

Fonte: Estadão
forever

Excelente definição de Sucesso

Sucesso (1)
“Sucesso é poder trabalhar à beira da praia ouvindo o quebrar das ondas. Fracasso é viver preso à velha rotina de sempre. Sucesso é sair da plateia e não deixar que sua história passe diante de seus olhos, sendo apenas mero espectador. É escrever quantas vezes for preciso um novo capítulo. Fracasso é tentar fugir dos problemas e viver uma vida que não é sua. Sucesso é sonhar de olhos bem abertos, com pés nos chão e a cabeça nas nuvens. Fracasso é desistir de seus sonhos antes mesmo de tentar.”

Por Leonardo Posich

Numerologia: Qual a energia do seu nome?

Pitágoras também é conhecido como “pai da Numerologia moderna”, pois foi o criador da tabela que atribuiu um valor numérico para cada letra do alfabeto, a tabela pitagórica. Essa tabela é a base do método criado hoje em dia para o estudo numerológico. Para Pitágoras “todas as coisas podem ser transformadas em números e todas as experiências da vida estão contidas nos números de 1 a 9. São 9 números básicos que servem para formar todos os outros.

Ele também atuou no simbolismo dos números expressando seu significado. Foi Pitágoras quem designou os números básicos de 1 a 9 como princípios místicos de evolução das pessoas e das situações que vivenciam. Cada número representa uma área da experiência humana fixada nos algarismos de 1 a 9. Cada letra da tabela numerológica corresponde a um número, recebendo portanto, a vibração dele e atraindo sua experiência. Segundo os estudos de Pitágoras, os números são essência física e etérea de tudo que há no Universo e eles trazem características próprias.

Essa é a tabela para fazer o cálculo da numerologia do seu nome:

numerologia_tabela

O NÚMERO 1
um
Simbologia:

Número 1 Individualidade e pioneirismo
Símbolo: o ponto
Planeta: Sol
Cores: amarelo, laranja e dourado.
Elemento: fogo
Metal: ouro.
Pedras: rubi, topázio e diamante.
Perfume/aroma: morango.
Profissões: inventor, aviador, engenheiro, professor, diretor de empresas, ou alguma atividade no campo da eletricidade e do automobilismo.

Este é o primeiro dos números, é o início, o único, o absoluto. Está ligado à energia criativa, originalidade,à individualidade, ao poder, à masculinidade e à objetividade. Representa o ímpeto que leva à realização. Eu Sou! Eu faço! É a unidade, Deus; e também o Eu, a personalidade individual do ser humano

Significa liderança, força e ambição. Também é o número que traz coragem, independência, atividades mentais e físicas, individualidade e realizações. O número 1 é visto como o número para principiantes.

Características positivas: individualidade, espírito de liderança, criatividade, atividade, ambição, audácia, ousadia, autoconfiança, positividade, pioneirismo, persistência, coragem, obstinação, iniciativa e independência.

Características negativas: egocentrismo, autoritarismo, repressão, fracasso. O lado negativo, pode levar a prepotência, preguiça, solidão, egocentrismo, individualismo,agressividade, inflexibilidade, orgulho e autoritarismo.

Missão a cumprir: Evitar ser egoísta e autoritário.

O NÚMERO 2
dois
Simbologia:

Número 2 Cooperação e Sensibilidade
Símbolo: yin e yang.
Planeta: Lua
Cores: branco, prateado e verde-claro.
Elemento: água.
Metal: prata.
Pedras: pérola, jade e selenita.
Perfume/aroma: laranja.
Profissões: estatístico, contador, escriturário, bibliotecário, político, diplomata, músico ou pintor.

Este número representa a dualidade, a polaridade, a necessidade de ser complementado, o convívio em harmonia com os demais. Principio passivo, feminino, negativo. É o complemento do 1, da mesma maneira que a mulher complementa o homem. Representa a mãe, a que gera. É o número da sensitividade, grande intuição e traz equilíbrio em situações. É a associação, a cooperação, a amabilidade. É moldável, adaptável, conciliador, pacificador. Mediador, o equilíbrio entre forças opostas.

Este número caracteriza pessoas equilibradas, receptivas, amáveis, sensíveis, sinceras, diplomáticas, cooperativas e românticas. Emotiva, sabe como cativar as pessoas. Solidária por natureza, estará sempre pronta a ajudar os amigos, mesmo que, às vezes, use esse seu lado como forma de chamar a atenção. Também é do tipo que precisa estar sempre com alguém, não importa se é amigo, pais ou familiares. É sociável, gentil e considera muito as pessoas. Paciente, busca sempre a união É facilmente adaptável, mas pode tornar-se indeciso. É muito atenta e compenetrada. Por ser muito diplomática e ter grande facilidade de adaptação, convive muito bem em todos os ambientes que frequenta. Costuma aceitar os próprios erros e não tem vergonha de pedir desculpas. Gosta de manter seu espaço sempre bem arrumado. O medo da doença faz com que busque sempre uma alimentação mais saudável.

São ótimos parceiros no amor. Muito amorosa e compreensiva, a pessoa de personalidade 2 adora dar atenção aos outros, principalmente para a pessoa amada. É muito recatada no amor e sempre o compara ao sexo. Em compensação é muito tímido e tem medo de aceitar novas oportunidades. Devido à sua timidez, sente dificuldade em se relacionar com estranhos, à primeira vista, mas, quando se solta, é muito amável.

Características positivas: espírito de colaboração, modéstia, paciência, solidariedade, receptividade, atenção, diplomacia, emoção, amabilidade, tato, companheirismo.

Características negativas: timidez, medo, indecisão, dualidade, dúvida, dependência, submissão, passividade, insegurança.

Missão a cumprir: Evitar a dependência excessiva, desenvolver o espírito cooperativo.

O NÚMERO 3
tres
Simbologia:

Número 3 Agradável e Talentoso
Símbolo: o triângulo.
Planeta: Júpiter
Cores: púrpura, lilás, violeta e azul-celeste.
Elemento: ar.
Metal: estanho.
Pedras: turquesa e topázio.
Perfume/aroma: pêssego.
Profissões: orador, escritor, ator, pintor, músico, humorista, produtor cultural, cabeleireiro ou vendedor.

Este número associa-se com a comunicação, a expressão, a expansão, a criatividade e a sociabilidade. Representa o relacionamento com o mundo exterior. Após a individualidade, a união com o dois, surge a interação com a sociedade. O que comunica. O 3 é a expressão, a comunicação, a criação. É o produto da união de 1 e 2. É a frutificação, a trindade, a multiplicidade. Representa a interação social. Na espiritualidade, o número três é visto como o poder da unidade entre a mente, corpo e espírito.

Este número caracteriza pessoas comunicativas, expressivas, simpáticas, interativas, otimistas, inteligentes, criativas e bem-humoradas. O número três é adaptável, alegre, sociável, ótimos comunicadores(as), gostam de manter a harmonia e o equilíbrio em suas vidas. Contudo, também são exageradas e têm dificuldade em terminar os projetos em que se envolvem. Extrovertido dono de grande magnetismo pessoal, promove o desenvolvimento de todos ao seu redor, irradiando alegria, entusiasmo. Sua criatividade ilimitada faz com que tudo pareça possível. Constitui a expressão do sucesso, da sorte, da fertilidade e da beleza. É feliz, criativo, intelectual e otimista. Também é refinado e gosta de coisas caras. Mesmo que em alguns momentos pareça dispersivo, na verdade é muito observador e registra tudo o que se passa à sua volta. Tem o dom da criatividade e usa desenho, teatro e pintura como formas de expressão. Inimigo da rotina, está sempre buscando o novo. Aprende com facilidade. Vive cercado de amigos. Gosta de ambientes alegres e aconchegantes. Quando doente, precisa de muita atenção. No trabalho, o sucesso virá através de oportunidades inesperadas que exigem pensamento rápido para achar soluções inéditas e criativas. Conquista a todos com seu encanto natural e não precisa se esforçar para chamar a atenção. Muito romântica e sedutora, alegre, extrovertida e sociável, a pessoa de personalidade 3 transmite muita confiança no amor e na vida. Mostra-se tímido ainda mas, aos poucos, desenvolve uma grande autoconfiança.

Características positivas: otimismo, bom gosto, talento, comunicação, sociabilidade, cordialidade, entusiasmo e criatividade.

Características negativas: exibicionismo, superficialidade, espírito fofoqueiro, mentiras, conflitos, solidão, ostentação, exagero, dispersão, pessimismo e imaturidade.

Missão a cumprir: Abrir-se para o mundo, ser criativo, procurar expressar-se

O NÚMERO 4
quatro
Simbologia:

Número 4 Organização e prática
Símbolo: o quadrado.
Planeta: Saturno e Urano
Cores: amarelo, laranja e vermelho.
Elemento: terra
Metal: ouro.
Pedras: safira e topázio.
Perfume/aroma: maçã verde.
Profissões: empreiteiro, fazendeiro, mecânico, projetista, contador, político, operário de fábrica ou da construção civil.

O que realiza. Palavra chave: ação, estabilidade, firmeza, segurança e conservadorismo. O quatro é o símbolo da lei da ordem. Manifestação do lado racional, é representado pelo quadrado. É o número da terra e representa estabilidade e fidelidade. Simboliza as quatro estações do ano, os elementos e as pontas dos compassos. Este número relaciona-se com trabalho organizado e dirigido para massas, a preocupação com detalhes, a energia para construir e concretizar. Se por um lado é a limitação e a dureza, por outro simboliza a segurança, a estabilidade, os esforços premiados. Está relacionado com o mundo material, com o senso prático, a autodisciplina. Para construir é preciso valer-se de sua força e poder. Desenvolve o senso prático, a autodisciplina. A defesa das tradições, e um certo conformismo.

Este número caracteriza pessoas fortes, com boa capacidade de argumentação, práticas, leais, justiceiras, minuciosas e organizadas. Contudo, também são excessivamente sérias, pouco imaginativas e conflituosas. Também são honestas, capazes e perseverantes. A pessoa de personalidade 4 é altamente metódica e objetiva. Não gosta de rodeios preferindo ir direto ao assunto. Desde pequeno vai mostrar-se disciplinada e muito sistemática. Não terá dificuldades em se adaptar à rotina. É paciente e responsável. Gosta de ordem e regularidade. Mas é autoritária e tem tendência a criticar demais as coisa, querendo que tudo seja a sua maneira. Evite prometer o que você não puder cumprir: ela vai cobrar a promessa durante o resto da vida. Tem uma incrível habilidade manual. É uma especialista em montar e desmontar quinquilharias. E depois, fica esperando os elogios por suas criações. É extremamente organizada. Muito exigente com os colegas de trabalho e amigos, deseja deles a mesma perfeição que busca para si.

Perfeccionista ao extremo, inclusive no amor, não gosta muito de inovar e prefere as ‘fórmulas’ mais tradicionais.

Características positivas: praticidade, espírito construtor, lealdade, organização, disciplina, ordem,franqueza, estabilidade, cautela, trabalho, resistência, confiança, honestidade, amor a tradição.

Características negativas: rigidez, conformismo, avareza, apego ao passado, crítica excessiva, insegurança, inflexibilidade.

Missão a cumprir: Não se deixar oprimir pelo trabalho e pelas responsabilidades

O NÚMERO 5
cinco
Simbologia:

Número 5 Responsabilidade e Versatilidade
Símbolo: a cruz.
Planeta: Mercúrio
Cores: azul-claro e cinza-claro.
Elemento: ar
Metal: mercúrio (não deve entrar em contato com a pele).
Pedras: diamante e safira amarela.
Perfume/aroma: camomila.
Profissões: psicólogo, pesquisador, vendedor, agente de viagens ou de seguros, guia turístico ou corretor de bônus e ações.

O que é livre. Palavra chave: Liberdade, evolução, curiosidade, aventura. É o número das sensações e dos sentidos. Representa a liberdade e o espírito de aventura. Este é o número das probabilidades de mudança, da versatilidade e das viagens. O cinco representa a versatilidade através da busca de liberdade para se lançar em direção a novas oportunidades. Introduz a idéia de movimento, de velocidade e de tempo que acaba com a estabilidade, a determinação e a ordem limitada do 4. Simboliza a revolução sem a qual a transformação e a evolução não seriam possíveis. É o número da transformação. O 5 é o transgressor.

Este número caracteriza pessoas versáteis, ativas, aventureiras, exploradoras, de pensamento rápido e inteligentes. Provocam mudanças por onde passam e também aceitam com a mesma facilidade que as promovem. Um aventureiro nato, a pessoa de personalidade 5 adora liberdade e os espaços abertos, para que possa gastar toda a energia que tem. Muito agitado em todos os campos da vida, geralmente são irrequietos, super-ativos e curiosos. Impulsivos, rápidos e inquietos. Não que não goste de carinho e aconchego, mas apenas porque não vive sem movimento. Imaginação fértil, curiosidade insaciável. Versátil, fazem várias coisas ao mesmo tempo. Haja fôlego para acompanhá-los. Gostam de dar conselhos e não negam ajuda a quem seja necessário. Além disso são pacíficos, harmoniosos e confiáveis. São animadores de festas, otimistas e adoram viagens. Acumulam experiências e possuem conhecimentos sobre uma boa gama de assuntos, mas não se especializam em nada. Em compensação são orgulhosos, inquietos, descontentes, insatisfeitos e precipitados.

Com um magnetismo pessoal, atraem pessoas do sexo oposto.Também possuem forte atração sexual o que condiz com sua sexualidade agressiva e cheia de energia.

Características positivas: entusiasmo espírito empreendedor e aventureiro, versatilidade, liberdade, sensualidade, aberto às mudanças, curiosidade, flexibilidade, inteligência.

Características negativas: irresponsabilidade, inquietação, infidelidade, falta de objetivos, ímpeto que não leva a nada, ansiedade, indisciplina, instabilidade, impulsividade.

Missão a cumprir: não fazer uso inadequado de sua liberdade pessoal; aceitar mudanças.

O NÚMERO 6
seis
Simbologia:

Número 6 Liberdade e Sensibilidade.
Símbolo: dois triângulos opostos.
Planeta: Vênus
Cor: todas as nuances de azul.
Elemento: ar.
Metal: cobre.
Pedras: esmeralda,safira e turquesa.
Perfume/aroma: canela.
Profissões: médico, enfermeiro, músico, funcionário público, dona-de-casa, decorador de interiores, cozinheiro ou professor.

O que concilia. Harmonia, equilíbrio, verdade e justiça. O seis sintetiza as responsabilidades sociais e familiares.. O seis emana vibrações artísticas e domésticas. Representa a busca de um lar, uma família e uma entrega a sua comunidade. Este número representa a responsabilidade para com os demais, a sociedade e a família.

Este número caracteriza pessoas responsáveis, simpáticas, amáveis, artistas, criativas, equilibradas, humanitárias, compreensivas, honestas e fiéis. São pessoas intelectuais, imaginativas e sempre estão procurando ser perfeccionistas. São atenciosos com a família, nas relações amorosas e adoram ter responsabilidade. Deseja casar-se, ter um companheiro, uma família. Emanam vibrações artísticas e domésticas. Buscam um lar feliz e o sentir-se útil a uma comunidade. A pessoa de personalidade 6 é passional e humanista. Com uma grande necessidade de ajudar os outros, ela pode até se sacrificar pelos que ama. Carinhosa, compreensiva, meiga, responsável. Meiga, querida por todos e muito apegada à família. Adora a companhia dos pais, dos avós, ter amigos e receber visitas.

Desde pequena, já se mostra uma excelente anfitriã. E para isso, faz questão de uma casa bonita e confortável. Solidária, empresta ou dá, com prazer. Sensível, em um ambiente mais tenso, pode se deprimir e chorar. Normalmente tolerante, torna-se muito teimosa quando contrariada. Movida a elogios, precisa do seu apoio e incentivo. É ativa, inquieta, pensa rápido e gosta de variedade. Não gosta de rotina, prefere tudo o que é novo. Assume mil responsabilidades ao mesmo tempo. E apesar de sobrecarregada, saberá dar conta de tudo. Sem reclamar ou pedir ajuda

Sexualmente aparentemente é passiva mas procura agradar sempre o parceiro. Pode se tornar dominadora e possessiva se sentir-se insegura em relação aos seus sentimentos.

Características positivas: espírito conciliador, generosidade, estabilidade, idealismo, preocupação com o lar, a comunidade, companheirismo,equilíbrio, justiça.

Características negativas: acomodação, espírito de mártir, complicações no casamento, cobranças excessivas, ciúmes, ressentimento, dificuldade em aceitar a realidade.

Missão a cumprir: aprender a aceitar as coisas como são. Cuidar da relação sem ciúmes, buscar o equilíbrio antes da perfeição.

O NÚMERO 7
sete
Simbologia:

Número 7 Conquista.
Símbolo: estrela.
Planeta: Netuno
Cor: púrpura e violeta.
Elemento: água.
Metal: prata.
Pedras: ametista e rutilo violeta.
Perfume/aroma: uva.
Profissões: cientista, professor, escritor, horticultor, inventor, advogado, ator, psicanalista, líder religioso ou atividades ligadas ao ocultismo.

O número sete é visto como um número de grande espiritualidade. Representa os sete dias da semana e as sete cores do arco-íris. O 7 é o número da perfeição, integra os dois mundos e é considerado símbolo da totalidade do Universo em transformação. Este número está associado a espiritualidade, a pesquisa, a introspecção, ao ocultismo. O que pensa. Palavra chave: análise, investigação, lógica e misticismo, reflexão. O sete relaciona-se com a sabedoria, reflexão, busca de outras respostas além daquelas oferecidas, meditação, descanso, paz interior.

Este número caracteriza pessoas espirituais, intelectuais, idealistas, estudiosas, contínua busca pelo conhecimento científico, inteligentes e criativas. Contudo, também são muito reservadas, sarcásticas, inflexíveis, caladas e irritadiças. São sábios, pensam profundamente nas coisas e se interessam muito por assuntos místicos. Aparentemente fria e calculista a pessoa de personalidade 7 é na verdade super exigente com ela mesma e com o próximo. Procura sempre executar suas tarefas de forma impecável. Tem natureza intelectual, facilidade para aprender, gosto pelo estudo. Pensadora, observadora, sempre atenta a tudo o que acontece.

Tem uma vida interior muito rica, preza o silêncio e a quietude. Trabalha mais para o bem dos outros que para o próprio. É uma pessoa grandiosa, que é atraída por grandes negócios. Mas é um pouco avarenta e extravagante. Pode ficar um bom tempo sozinha,concentrada. Gosta de um ambiente arrumado, fugindo do barulho e da agitação. Ama a natureza e os animais. Normalmente obediente e educada, tem incrível sensibilidade para distinguir o certo do errado, e se ressente demais com as injustiças. É uma perfeccionista, defensora do respeito e da privacidade

Geralmente solitária, ela se isola e precisa de muito tempo para realmente se entregar a qualquer tipo de relacionamento pois prefere este isolamento.

Características positivas: sabedoria, tranquilidade, introspecção, intuição, poder de análise, meticulosidade, lógica, profundidade, perfeccionismo, autocontrole e investigação .

Características negativas: desligamento, melancolia, solidão, perda do sentido da vida, falta de objetivos, auto-crítica, excesso de exigência, reclusão

Missão a cumprir:refletir, buscando o saber dentro de si.

O NÚMERO 8
oito
Simbologia:

Número 8 Sabedoria e Liderança
Símbolo: roda da fortuna.
Planeta: Saturno
Cor: marrom, preto e cinza.
Elemento: terra.
Metal: chumbo.
Pedra: ônix e turmalina negra.
Perfume/aroma: mirra.
Profissões: executivo, presidente ou gerente de uma grande companhia, advogado, perito, industrial, bancário, editor, publicitário, crítico literário ou teatral.

Este número representa a vitória e a prosperidade. Representa também o poder e a boa administração do dinheiro. Palavra chave: Poder, responsabilidade, riqueza material, reconhecimento. Depois de encontrar respostas, é hora de colocar em movimento. Busca o poder, o prestígio, o lado material da vida. Movido por uma ambição legítima, torna-se um guerreiro, lutador, um perseverante, baseado no senso ético, na justiça, busca a vitória pessoal através do enriquecimento. É o início de uma nova vida, a regeneração, o renascimento, a renovação.

Este número caracteriza pessoas habilidosas, trabalhadoras, decididas, ótimas gestoras, fazem qualquer sacrifício pelo que acreditam, desejam alcançar reconhecimento, auto-suficientes, firmes, exigentes e ambiciosas. Contudo, também são frias, têm grande dificuldade em demonstrar os sentimentos, materialistas, impacientes e excessivamente ambiciosas. É um número prático e pertencem as pessoas sucedidas e organizadoras que se dão bem em negócios. São pessoas que trabalham duro em ambos os aspectos: material e espiritual. Com uma auto-confiança que beira a arrogância a pessoa de personalidade 8 não costuma decepcionar os amigos.

Muito disciplinada, sua aparência transmite sucesso e prestígio, que vêm graças ao grande espírito de competição e capacidade de liderança. Inteligente, dominadora, logo estará comandando a vida da casa. Esperta, hábil, vai descobrir o jeito de impor suas idéias. E não admite ser contrariada. Simplesmente não escuta um não. Desde pequena, mostra que tem iniciativa e objetividade. Mas, antes de contar com a sorte, deve se empenhar para conseguir o que deseja. Impetuosa, tem dificuldade em cumprir uma meta de cada vez. É paciente, intuitiva e misteriosa. Gosta de ler, tem poucos amigos, mas muito bem escolhidos. É um pouco melancólica.

Capacidade de comando e liderança. No trabalho critica quando acha necessário e elogia na mesma moeda .O talento para empreendedor vai se firmar,quando pode alcançar sucesso financeiro. Se optar pela área cultural, será em um cargo administrativo.

Adora desafios e por isso é fascinado por relações complicadas. É sexualmente agressiva e segura de si.

Características positivas: poder, eficiência, prestígio, liderança, organização, sucesso, riqueza, perspicácia, saber, compreensão, autoridade, justiça, perseverança, auto-confiança e verdade

Características negativas: ambição excessiva, sede pelo poder, materialismo desenfreado, intolerância, arrogância, autoritarismo, teimosia, impaciência e desonestidade.

Missão a cumprir:Usar corretamente o dinheiro e o poder, pautado no senso de justiça. Não negligenciar o dinheiro e as coisas materiais.

O NÚMERO 9
nove
Simbologia:

Número 9 Inspiração
Símbolo: três triângulos.
Planeta: Marte
Cores: vermelho e branco.
Elemento: ar.
Metal: ferro.
Pedras: granada e ágata.
Perfume/aroma: mel.
Profissões: médico, enfermeiro, advogado, escritor, ator, dançarino, ou realizando trabalhos com a comunidade e filantrópicos.

O número 9 é o final de um ciclo e começo de outro. Este número está associado ao altruísmo, a fraternidade e espiritualidade. O que compreende. Palavra chave: Realização, universalidade, abnegação, compaixão. O nove representa a realização total do homem com todas as suas aspirações atendidas e seus desejos satisfeitos. Ele é capaz de dedicar-se ao amor universal, incondicional por tudo e por todos. Busca a perfeição. Este número representa a mais alta forma do amor universal. É o número da grande sabedoria e poder espiritual, já que contém a experiência de todos os números anteriores. Representa a plenitude espiritual. Associa-se à totalidade e à conclusão.

Este número caracteriza pessoas humanitárias, criativas, solidárias, artistas, com feição para a escrita, românticas, animadas, simpáticas, persistentes, generosas e sentimentalistas. Contudo, também são possessivas, têm uma excessiva adoração pela sua pessoa e são consumistas desmedidas. São pessoas que se preocupam com outras pessoas e seus direitos. Possuem muitos talentos, fazem de tudo para alcançar seus objetivos, mas nunca tiram vantagem de seu sucesso. Otimista, carismática e cheia de vitalidade, a pessoa de personalidade 9 aparenta ter gênio forte, mas na verdade é muito compreensiva e generosa. Elogia tudo que é bem feito, mas não esconde o que sente quanto à incompetência ou preguiça.

Tida como a grande irmã da humanidade, percebe, como ninguém, as necessidades do outro e está sempre pronta a ajudar. Comunicativa, vive rodeada de amigos. Mas não tem muito critério para escolhê-los, o que pode lhe trazer algumas decepções. Com os menores, assume funções de conselheira e protetora. Todos esperam muito de você. É tolerante e compreensível. Mas em compensação é um pouco indelicada. Precisa de espaço, adora novidades e sonha em descobrir o mundo.

Quando apaixonada se torna dócil e passa a ser uma grande amante.

Características positivas: amor universal, paciência, tolerância, fé, generosidade.

Características negativas: sacrifício, fracasso, solidão, decepção, fanatismo.

Missão a cumprir:Ter em mente que a finalidade do ser humano é desenvolver o amor universal, a compreensão e a compaixão.

O NÚMERO 11
onze
Simbologia:

É um número espiritual e de intuição. O 11 é o idealismo, o perfeccionismo, a clarividência e a colaboração. É um número de forte magnetismo e caracteriza as pessoas idealistas, inspiradoras, inventivas, capazes de iluminar o mundo através de idéias elevadas. O 11 também caracteriza uma pessoa com dons de mediunidade ou voltadas ao ocultismo. É o número da espiritualidade.

São pessoas que trazem alegria para as pessoas e inspiração. Geralmente são pessoas que tem os pés no chão e algumas vezes podem ser inconvenientes.

Características positivas: idealismo, intuição, poderes extra-sensorial, paciência, misticismo, simpatia, humanitarismo.

Características negativas: fanatismo, pragmatismo, cinismo, charlatanismo, preguiça, desonestidade, desorientação, falsa superioridade, mesquinhez.

O NÚMERO 22
vinte e dois
Simbologia:

O 22 é o trabalho, a construção, o otimismo, o poder. Caracteriza o construtor, pois usa seu raciocínio brilhante para transformar em realidade as necessidades, impulsos e ambições dos outros.

Características positivas: espírito empreendedor, raciocínio lógico, lealdade, perspicácia, otimismo e generosidade.

Características negativas: cinismo, vaidade exagerada, pessimismo, não conclusão de seus projetos, complexo de inferioridade.

Seja mais, seja você!

O primeiro quilômetro: “não há o que justifique um homem passar pelo que estou passando”.

Correr-2
“AI, QUE PREGUIÇA

O corpo humano é uma máquina desenhada para o movimento.

É dotado de dobradiças, músculos que formam alavancas capazes de deslocar o esqueleto em qualquer direção, ossos resistentes, ligamentos elásticos que amortecem choques, e sistemas de alta complexidade para mobilizar energia, consumir oxigênio e manter a temperatura interna constante.

Em seis milhões de anos, a seleção natural se encarregou de eliminar os portadores de características genéticas que dificultavam a movimentação necessária para ir atrás de alimentos, construir abrigos e fugir de predadores.

Se o corpo humano fosse projetado para os usos de hoje, para que pernas tão compridas e braços tão longos? Se é só para ir de um assento a outro, elas poderiam ter metade do comprimento. Se os braços servem apenas para alcançar o teclado do computador, para que antebraços? Seríamos anões de membros atrofiados, mas com um traseiro enorme, acolchoado, para nos dar conforto nas cadeiras.

A possibilidade de ganharmos a vida sem andar é aquisição dos últimos cinquenta anos. A disponibilidade de alimentos de qualidade acessíveis a grandes massas populacionais, mais recente ainda. A mesa farta e as comodidades em que viviam os nobres da antiguidade estão ao alcance da classe média, em condições de higiene bem superiores.

Para quem já morou em cavernas, a adaptação a um meio com vacinas, saneamento básico, antibióticos, alimentação rica em nutrientes e tecnologia para fazer chegar a nossas mãos tudo o que necessitamos, foi imediata. Em boa parte dos países a expectativa de vida atingiu 70 anos, privilégio de poucos no tempo de nossos avós.

Os efeitos adversos desse estilo de vida, no entanto, não demoraram para surgir: sedentarismo, obesidade, e seu cortejo nefasto: complicações cardiovasculares, diabetes, câncer, degenerações neurológicas, doenças reumáticas e muitas outras.

Se todos reconhecem que a atividade física faz bem para o organismo, por que ninguém se exercita com regularidade?

Por uma razão simples: descontadas as brincadeiras da infância, fase de aprendizado, nenhum animal desperdiça energia. Só o fazem atrás de alimento, sexo ou para escapar de predadores. Satisfeitas as três necessidades, permanecem em repouso até que uma delas volte a ser premente.

Vá ao zoológico. Você verá uma onça dando um pique para manter a forma? Um chimpanzé – com quem compartilhamos 99% de nossos genes – correndo para perder a barriga?

É tão difícil abandonar a vida sedentária, porque malbaratar energia vai contra a natureza humana. Os planos para andar, correr ou ir à academia naufragam no dia seguinte sob o peso dos seis milhões de anos de evolução, que desaba sobre nossos ombros.

Quando você ouvir alguém dizendo que pula da cama louco de disposição para o exercício, pode ter certeza: é mentira. Essa vontade pode nos visitar num sítio ou na praia com os amigos, na rotina diária jamais.

Digo por experiência própria. Há 20 anos corro maratonas, provas de 42 quilômetros que me obrigam a levantar às cinco e meia para treinar. Tenho tanta confiança na integridade de meu caráter, que fiz um trato comigo mesmo: ao acordar, só posso desistir de correr depois de vestir calção, camiseta e calçar o tênis.

Se me permitir tomar essa decisão deitado na cama, cada manhã terei uma desculpa. Não há limite para as justificativas que a preguiça é capaz inventar nessa hora.

Ao contrário do que os treinadores preconizam, não faço alongamento antes, já saio correndo, única maneira de resistir ao ímpeto de voltar para a cama. O primeiro quilômetro é dominado por um pensamento recorrente: “não há o que justifique um homem passar pelo que estou passando”.

Vencido esse martírio inicial, a corrida se torna suportável. Boa mesmo, só fica quando acaba. Nessa hora, a circulação inundada de endorfinas traz uma sensação de paz celestial, um barato igual ao de drogas que nunca experimentei.

Por isso, caro leitor, se você está à espera da chegada da disposição física para sair da vagabundagem em 2014, tire o cavalo da chuva: ela não virá. Praticar exercícios com regularidade exige disciplina militar, a mesma que você tem na hora de ir para o trabalho.

Ai, que preguiça.”

Por Drauzio Varella

Seja mais, seja você!

O primeiro quilômetro: “não há o que justifique um homem passar pelo que estou passando”.

Correr-2
“AI, QUE PREGUIÇA

O corpo humano é uma máquina desenhada para o movimento.

É dotado de dobradiças, músculos que formam alavancas capazes de deslocar o esqueleto em qualquer direção, ossos resistentes, ligamentos elásticos que amortecem choques, e sistemas de alta complexidade para mobilizar energia, consumir oxigênio e manter a temperatura interna constante.

Em seis milhões de anos, a seleção natural se encarregou de eliminar os portadores de características genéticas que dificultavam a movimentação necessária para ir atrás de alimentos, construir abrigos e fugir de predadores.

Se o corpo humano fosse projetado para os usos de hoje, para que pernas tão compridas e braços tão longos? Se é só para ir de um assento a outro, elas poderiam ter metade do comprimento. Se os braços servem apenas para alcançar o teclado do computador, para que antebraços? Seríamos anões de membros atrofiados, mas com um traseiro enorme, acolchoado, para nos dar conforto nas cadeiras.

A possibilidade de ganharmos a vida sem andar é aquisição dos últimos cinquenta anos. A disponibilidade de alimentos de qualidade acessíveis a grandes massas populacionais, mais recente ainda. A mesa farta e as comodidades em que viviam os nobres da antiguidade estão ao alcance da classe média, em condições de higiene bem superiores.

Para quem já morou em cavernas, a adaptação a um meio com vacinas, saneamento básico, antibióticos, alimentação rica em nutrientes e tecnologia para fazer chegar a nossas mãos tudo o que necessitamos, foi imediata. Em boa parte dos países a expectativa de vida atingiu 70 anos, privilégio de poucos no tempo de nossos avós.

Os efeitos adversos desse estilo de vida, no entanto, não demoraram para surgir: sedentarismo, obesidade, e seu cortejo nefasto: complicações cardiovasculares, diabetes, câncer, degenerações neurológicas, doenças reumáticas e muitas outras.

Se todos reconhecem que a atividade física faz bem para o organismo, por que ninguém se exercita com regularidade?

Por uma razão simples: descontadas as brincadeiras da infância, fase de aprendizado, nenhum animal desperdiça energia. Só o fazem atrás de alimento, sexo ou para escapar de predadores. Satisfeitas as três necessidades, permanecem em repouso até que uma delas volte a ser premente.

Vá ao zoológico. Você verá uma onça dando um pique para manter a forma? Um chimpanzé – com quem compartilhamos 99% de nossos genes – correndo para perder a barriga?

É tão difícil abandonar a vida sedentária, porque malbaratar energia vai contra a natureza humana. Os planos para andar, correr ou ir à academia naufragam no dia seguinte sob o peso dos seis milhões de anos de evolução, que desaba sobre nossos ombros.

Quando você ouvir alguém dizendo que pula da cama louco de disposição para o exercício, pode ter certeza: é mentira. Essa vontade pode nos visitar num sítio ou na praia com os amigos, na rotina diária jamais.

Digo por experiência própria. Há 20 anos corro maratonas, provas de 42 quilômetros que me obrigam a levantar às cinco e meia para treinar. Tenho tanta confiança na integridade de meu caráter, que fiz um trato comigo mesmo: ao acordar, só posso desistir de correr depois de vestir calção, camiseta e calçar o tênis.

Se me permitir tomar essa decisão deitado na cama, cada manhã terei uma desculpa. Não há limite para as justificativas que a preguiça é capaz inventar nessa hora.

Ao contrário do que os treinadores preconizam, não faço alongamento antes, já saio correndo, única maneira de resistir ao ímpeto de voltar para a cama. O primeiro quilômetro é dominado por um pensamento recorrente: “não há o que justifique um homem passar pelo que estou passando”.

Vencido esse martírio inicial, a corrida se torna suportável. Boa mesmo, só fica quando acaba. Nessa hora, a circulação inundada de endorfinas traz uma sensação de paz celestial, um barato igual ao de drogas que nunca experimentei.

Por isso, caro leitor, se você está à espera da chegada da disposição física para sair da vagabundagem em 2014, tire o cavalo da chuva: ela não virá. Praticar exercícios com regularidade exige disciplina militar, a mesma que você tem na hora de ir para o trabalho.

Ai, que preguiça.”

Por Drauzio Varella

Seja mais, seja você!

Que tal passar um mês usando apenas seis peças de roupa?

“Usar apenas 6 peças de roupa durante um mês pode ser um sacrifício, mas também pode mudar a forma como você consome. Saiba mais sobre esse desafio: 

Você teria inspiração suficiente para usar as mesmas seis peças de roupa durante um mês inteiro?
Foto: Richard Velloso

Apesar de indispensáveis, as roupas podem ser economizadas. Prova disso é o projeto “Six Items or Less” (Seis peças ou menos), iniciado pela publicitária nova-iorquina Heidi Hackemer e sua amiga londrina Tamsin Davies.

Em um papo filosófico sobre a energia gasta diariamente na escolha das roupas, as duas resolveram fazer uma brincadeira, quase uma aposta: ficar um mês usando apenas seis peças. Outras pessoas gostaram de ideia, juntaram-se a elas, e de repente um monte de gente estava participando. Foram mais de 100 pessoas espalhadas pelo mundo dispostas a fazer o teste. O motivo principal dos participantes acabou sendo o anticonsumismo, mas muitas outras questões acabaram sendo levantadas.

“Será que a pessoa fica com a criatividade mais livre quando não se preocupa com o que está vestindo?”, divaga Heidi. “Preferimos não escolher uma bandeira para levantar. Mas minhas atitudes com relação ao uso e à compra de roupas mudaram muito com essa experiência”, diz ela.

A primeira experiência fez tanto sucesso que outras já estão programadas. Pelo site, os participantes registram suas experiências e aprendem com os outros: sixitemsorless.com.”

Fonte: Revista Bem Simples – Set 2010.”

Esse desafio não está mais em vigor no site proposto e nem na página do Facebook, mas independente disso, a ideia continua sendo legal e divertida.

Menos pode ser mais, desde que você abra mão da quantidade de opções que você se impõe em ter na sua frente (ou melhor, no guarda-roupas), até porque, no fundo no fundo, você usa quase sempre as mesmas. Pense nisso e se coloque um desafio desses.

Pratique: desapego e criatividade com essa ação.

Seja mais, seja você!

 

Things to remember: Um caderno para anotar seus bons momentos!

ImagemMuitas pessoas gostam de fazer listas, marcar objetivos, seguir regras, dentre outras formas de buscar a disciplina para atingir algo.
A ideia de um caderno desses é justamente marcar o que já se completou e anotar os acontecimentos marcantes que te fizeram feliz. Talvez até escrever um pouco sobre como você fez para conseguir, os passos que teve que dar, colocando o que foi difícil e como você superou e/ou se superou para chegar “lá”.

É importante traçar objetivos, mas celebrar as vitórias também. Não deixa de ser uma forma de trabalhar a auto-estima. Ninguém precisa se envergonhar dos seus “feitos”. O importante é não ser arrogante. A humildade e distribuição de méritos sempre faz bem, para quem te ajudou também se sentir valorizado além da simples prática da ação que é correta.

Seja você o exemplo!

Seja mais, seja você! 

Viajar é bom, mas o excesso de voôs prejudica a saúde. Veja porque…

Como sua saúde é afetada quando você viaja de avião

 Imagem
A baixíssima umidade do ar do avião pode secar suas vias respiratórias e a camada de muco protetora de suas narinas. Sem essa barreira, os germes têm mais facilidade de infectar as células do corpo. Seus melhores mecanismos de defesa são manter os dedos distantes dos olhos e do nariz e lavar a mão com frequência.

Tem de usar o banheiro? Lembre-se do norovírus, um dos principais agentes de intoxicação alimentar, que vive em banheiros, torneiras e maçanetas e até mesmo em bandejas. Para evitar vômito e diarreia, desinfete as mãos com álcool em gel após tocar uma superfície suspeita.

Sangue

A baixa pressão atmosférica da aeronave e sua própria inatividade física podem desferir um golpe duplo na diminuição da circulação sanguínea, abrindo a porta para a trombose venosa profunda – quando o sangue coagula e entope as veias. Mulheres que tomam anticoncepcional ou têm a doença no histórico familiar devem ficar atentas e se alongar ou caminhar por alguns minutos a cada hora.

Ouvido

Você pode sentir enjoo no estômago, mas o mal-estar começa de verdade em seus ouvidos. O centro de equilíbrio do organismo se desorienta quando há turbulência ou quando o que você vê (os bancos imóveis) não coincide com o que você sente (movimento do voo). Sua melhor prevenção é reservar um assento sobre as asas, o local mais estável do avião.

Células

Os gases da atmosfera terrestre se dissipam acima de 30 mil pés, de modo que quem voa recebe níveis elevados de radiação cósmica. Para ter uma ideia, três voos mensais de Florianópolis a Manaus expõem você a uma radiação equivalente à de três radiografias de tórax. O excesso de exposição causa alterações celulares e é preocupante somente para os tripulantes do voo – especialmente as grávidas – e viajantes assíduos.

Sono

Se você trocar de fuso horário rapidamente, bagunçará o ritmo circadiano – período de 24 horas no qual se baseia o ciclo biológico. Resultado: jet lag. A luz solar é fundamental para ajudar o cérebro e o corpo a se ajustar. Se você viajar para o leste, evite a luz da manhã e tente pegar um sol na parte da tarde. Caso rume a oeste, tome o máximo de sol que conseguir antes de anoitecer.

Matéria: Mdmulher – publicada em Set/13

Seja mais, seja você!
 

Vídeo

Paradigma: como nasce um ?

Quem questiona demais pode até ser chato, mas faz o grupo pensar e entender o porque as “coisas” são como são.
Quando uma empresa externa é contratada para fazer uma re-organização, re-estruturação, re-etcetera, eles também conseguem fazer justamente o que o macaco “novo” fez. Eles quebram os paradigmas daqueles que fazem o que fazem sem saber o porque, afinal já era feito assim antes.
O mesmo acontece num relacionamento novo, você entra com seus velhos hábitos, e seu novo companheiro(a) te questiona e te faz ver o mundo e seus hábitos com outros olhos.
O novo vem para ensinar!, mesmo inexperiente ou de fora, tem seu lado importante para incrementar o grupo.
Seja mais, seja você!