Link

Turismo comunitário

Turismo comunitário

Quem nunca sentiu vontade de “viver” a cidade em que está visitando? Viver no sentido de participar da vida das pessoas e entender mais da cultura e dos hábitos dos moradores ao invés de apenas ir visitar os locais mais conhecidos e famosos.

Hoje em dia, as pessoas buscam experiencias de vida diferentes em todos os sentidos: querem despertar para conhecer outro modo de vida, ampliar seus horizontes e entender mais o “outro”. Diante dessa oportunidade, há alguns roteiros que propiciam uma viagem diferente, que permite uma imersão no dia a dia das famílias. 

Pessoalmente, acho que uma viagem que busca visitar os museus e história da cidade é gostoso, mas a riqueza vem no entendimento mais profundo das pessoas, com seus costumes, dialetos, dinâmicas e horizontes. Numa viagem, me sinto mais completa quando consigo unir esses dois pontos.

Fica a dica para vocês!

Seja mais, seja você!

Vídeo

Para mostrar que tudo é possível!

Se diferenciar é cada vez mais difícil, mas essa agência de viagens (SNCF Railways) apostou e investiu numa ideia bem legal!
Com o objetivo de mostrar que viajar é simples, basta atravessar uma porta, criou essa ação interativa em praças públicas. As pessoas efetivamente abrem uma porta – que tem a placa do destino – e se deparam com alguém do outro lado no cenário da cidade escolhida.
Realmente, se for pensar, basta atravessar uma porta para fazer algo que se quer… essa porta pode estar trancada a sete chaves, com cadeados, mas você consegue abrir todos. Dê o primeiro passo e escolha seu destino!
SNCF “Europe. It’s Just Next Door”
Seja mais, seja você!

Gonçalves, MG – Viagem que vale a pena!

Imagem

ImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagem

 

 

Para quem gosta de conhecer as belezas do Brasil, não pode deixar de ir para Gonçalves, em Minas Gerais. Não é tão longe (200km +-) e vale cada minuto da viagem, mesmo na estrada.

Logo no caminho você já começa a admirar o verde das montanhas e quanto mais se aproxima da cidade, mais bonito fica. São paredes verdes, umas gramadas e outras com árvores. As araucárias são um show a parte… estão em todos os lugares. As flores entao! se sobressaem tanto pela diversidade (muito além das hortências), pequenas e discretas ou grandes e chamativas. A intensidade das cores das flores te fazem pensar se não são artificiais. Elas gritam frente ao verde. 

É uma cidade com trilhas – para subir nas grandes montanhas de pedra – e com muitas cachoeiras. Perto de cada passeio sempre tem um bom restaurante mineiro, com comida caseira das boas e atendimento do “jeitim” que só o mineiro tem.

Doces, compotas e um bom café também te esperam por lá. Aproveite para levar dinheiro extra para compras de decoração. A cidade tem várias lojinhas charmosas com peças que você não vai encontrar nas cidades grandes. Vale a pena gastar umas horas passeando nelas para conhecer, bater papo e levar algumas lembranças da viagem.

Por fim, a cidade tem muitas pousadas… mas indico em especial a Solar da Araucária:  http://www.solardaraucaria.com.br/

Acomodação deliciosa, com uma cachoeira próxima, que te faz dormir ao som da água. Serviço muito bem preparado e atencioso. 

Sites para conhecer um pouco mais:

http://goncalvesmg.blogspot.com.br/

http://portal.goncalves.mg.gov.br/

Link

Conheça Madrid!, em 3D

Conheça Madrid!, em 3D

Achei bem legal esse vídeo do youtube onde conseguimos fazer um passeio pela cidade, vendo os lugares mais visitados que pode servir para você olhar antes de visitar uma cidade. Fazendo isso antes, você já tem uma ideia de onde deve se programar para visitar considerando o que mais gostar.

A tecnologia facilitando nossa vida!

Imagem

5 Passos para arrumar sua mala de viagem

5 Passos para arrumar sua mala de viagem

1. Cheque o clima e a cultura do lugar
2. Escolha um grupo de peças de cores e formatos básicos
3. Determine uma cor para peças chave adicionais aos básicos
4. Poucos sapatos: sapatilha, tênis, rasteira, scarpin e bota
5. Escolha os acessórios para complementar: para clima frio, capriche nas echarpes, para mais quente, leve colares e pulseiras. Uma bolsa e cinto básicos e feche com um chapéu “híbrido”

Boa Viagem!!!